Método para Pesquisa de Tendências: uma revisâo do modelo Futuro do Presente

Amanda Queiroz Campos, Sandra Regina Rech

Resumo


Este estudo apresenta, de forma revisada, o método de pesquisa de tendências desenvolvido e aplicado pelo projeto FPLab – Futuro do Presente. O desenho metodológico proposto, inicialmente como modelo conceitual, é de natureza qualitativa e envolve processos indutivos e dedutivos, baseando em pressupostos e abordagens das Ciências Humanas. De modo específico, a principal referência para este método é a Teoria Fundamentada nos Dados, de Glaser e Strauss (1967), que define a necessidade de as hipóteses surgirem dos dados e rejeita a ida à campo para a confirmação, ou rejeição, de hipóteses formuladas anteriormente à coleta de dados. O investimento na Teoria Fundamentada como referência de pesquisa também influencia as etapas de análise – codificação – dos dados, uma vez que é o procedimento mais importante da pesquisa de tendências. O método foi desenvolvido para o projeto de pesquisa em questão, mas pode, feitos os devidos ajustes, ser aplicado em outros contextos para fins de pesquisa prospectiva.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1982615x09172016027

Direitos autorais Amanda Queiroz Campos, Sandra Regina Rech

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png      

SaveSaveSaveSaveSaveSave