Manejo do dossel vegetativo e qualidade físico-química dos cachos de ‘Sangiovese’ e ‘Tempranillo’ em região microclimática de altitude

Autores

  • Tiago Afonso De Macedo Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
  • José Luiz Marcon Filho Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
  • Alberto Fontanella Brighenti Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural - EPAGRI
  • Leonardo Cury da Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, IFRS - Campus Bento Gonçalves.
  • Leo Rufato Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
  • Aike Anneliese Kretzschmar Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Palavras-chave:

Vitis vinifera L., poda verde, maturação, brotação lateral.

Resumo

O manejo do dossel vegetativo é uma ferramenta importante para ajustar o balanço entre a área foliar e a produção, porém o efeito na qualidade da uva depende do tipo de manejo, época realizada e condições edafoclimáticas do vinhedo. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da remoção de feminelas, no momento de virada de cor das bagas, na qualidade físico-química dos cachos de uvas cultivadas em região de altitude. O experimento foi realizado em vinhedo comercial, no município de São Joaquim-SC (28°17’S; 49°55’O; 1.150 m de altitude). Utilizou-se a cultivar Sangiovese na safra 2007 e 2008 e a cultivar Tempranillo na safra 2008 e 2009, enxertadas sobre Paulsen 1103, sustentadas no sistema espaldeira e conduzidas em cordão esporonado duplo, espaçadas em 3,0 m x 1,5 m. Os tratamentos de manejo do dossel vegetativo aplicados foram o controle, sem a retirada de brotações laterais, com área foliar de 2,50 m² kg-1 de frutos na cv. Sangiovese e 3,54 m² kg-1 de frutos na cv. Tempranillo e a remoção das brotações laterais, de forma a manter uma área foliar de 1,93 m² kg-1 de fruto na cv. Sangiovese e 2,66 m² kg-1 de fruto na cv.Tempranillo. Na cv. Sangiovese no ciclo 2006/07 observou-se maior massa de cachos e relação cacho:ráquis nas plantas em que a área foliar não foi reduzida, entretanto, no ciclo 2007/08 foi observado aumento no teor de sólidos solúveis totais e antocianinas facilmente extraíveis, aumentando a qualidade da uva ‘Sangiovese’ nas plantas em que houve uma redução na área foliar no início da maturação das bagas. Para a cultivar Tempranillo não foi observado diferenças significativas na qualidade físico-química dos cachos ao reduzir a área foliar do dossel vegetativo no início da maturação das bagas em ambas as safras avaliadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Afonso De Macedo, Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Programa de Pós-graduação em Produção Vegetal - CAV/UDESC

José Luiz Marcon Filho, Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Programa de Pós-graduação em Produção Vegetal - CAV/UDESC

Alberto Fontanella Brighenti, Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural - EPAGRI

Estação Experimental de São Joaquim

Leo Rufato, Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Programa de Pós-graduação em Produção Vegetal - CAV/UDESC

Aike Anneliese Kretzschmar, Centro de Ciências Agroveterinárias - CAV Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC

Programa de Pós-graduação em Produção Vegetal - CAV/UDESC

Downloads

Publicado

2015-08-13

Como Citar

DE MACEDO, T. A.; MARCON FILHO, J. L.; BRIGHENTI, A. F.; DA SILVA, L. C.; RUFATO, L.; KRETZSCHMAR, A. A. Manejo do dossel vegetativo e qualidade físico-química dos cachos de ‘Sangiovese’ e ‘Tempranillo’ em região microclimática de altitude. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 14, n. 2, p. 146-152, 2015. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/6052. Acesso em: 10 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigo Completo - Ciência de Plantas e Produtos Derivados

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>