Ideologia, divisão capitalista do trabalho e papel social do designer: um estudo sobre a produção de materialidade no design de moda

Autores

  • Joana Martins Contino Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro SENAI CETIQT
  • Alberto Cipiniuk Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.5965/1982615x10192017040

Resumo

Visando debater acerca da divisão social do trabalho e de como ela se manifesta no Campo do Design de Moda, além do papel social do designer de moda na cadeia produtiva, o presente artigo apresenta duas noções antagônicas que visam explicar importantes transformações ocorridas na sociedade industrial na segunda metade do século XX: “sociedade pós-industrial” do autor Daniel Bell, e “capitalismo tardio” de Ernst Mandel. Cada uma dessas teorias provém de distintos posicionamentos ideológicos e tem impacto no Campo do Design, tanto no que diz respeito à produção teórica quanto à formação e às práticas profissionais dos designers. Sendo assim, através de pesquisa bibliográfica, iniciamos o artigo com uma reflexão acerca da produção de materialidade e de imaterialidade no Design e, a seguir, confrontamos essas duas importantes correntes teóricas e as relacionamos a outras que entendemos ser decorrentes de uma delas – “fim do trabalho”, “design enquanto processo” – e a questões objetivas e concretas de um dos ramos do design em que a produção material e o enorme contingente de trabalhadores são inegáveis: o Campo da Moda. Entre essas questões estão a divisão social do trabalho e a propagação da noção mítica de criador individual, inclusive reproduzida pelo sistema de ensino.

Biografia do Autor

Joana Martins Contino, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro SENAI CETIQT

Mestre em Design pela PUC-Rio, possui graduação em Comunicação Social (jornalismo) pela Universidade Federal Fluminense (2007) e pós-graduação em Design de Moda pela Faculdade SENAI/CETIQT (2011). Trabalha na área de Moda desde 2003. Atualmente é docente nos cursos de graduação em Design de Moda e de pós-graduação em Design de Moda na Faculdade SENAI/CETIQT e doutoranda no Programa de Pós-graduação em Design da PUC-Rio. Tem experiência em desenvolvimento de coleção e produto têxtil e em figurino.

Alberto Cipiniuk, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro


FotoPossui Licenciatura com Habilitação Plena em História da Arte pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1978), mestrado em Filosofia Estética pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985) e doutorado em Filosofia e Letras - Université Libre de Bruxelles (1990). Professor Associado e aposentado do Departamento de Teoria e História da Arte do Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Atualmente é Professor Assistente da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Desenho Industrial, com ênfase em Desenho de Produto e Comunicação Visual, atuando principalmente nos seguintes temas: campo do design, design, historia social da arte, comunicação visual e representação social da imagem. Lider de grupo de pesquisa registrado no Diretório do CNPq.

Downloads

Publicado

2017-01-01