Vestido de 1910: memória de um passado de moda

Autores

  • Valdirene Gruber Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC
  • Luciana Dornbusch Lopes Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
  • José Alfredo Beirão Filho Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1982615x02042009079

Palavras-chave:

Vestuário acervo, Preservação, Tratamentos, Moda, Modateca

Resumo

O estudo aborda as atividades práticas de conservação e restauração de materiais em suporte têxtil nas instituições que preservam a memória. A partir da análise bibliográfica, a discussão aponta a infra-estrutura, metodologias, materiais e os tratamentos indispensáveis às atividades de conservação e restauração em suporte têxtil. A abordagem propõe o enfoque a Modateca do Centro de Artes, da Universidade do Estado de Santa Catarina, onde é possível avaliar o estado de conservação de um vestido de 1910; investigar os fatores e os tipos de degradação que alteraram sua estrutura, associados à ausência de cuidados adequados ao uso, acondicionamento e guarda. O estudo descreve, também, os tratamentos de restauração aplicados ao vestido, com vistas ao restabelecimento de sua integridade física e funcional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGUIAR NETO, Pedro Pita. Fibras Têxteis: Rio de Janeiro: SENAI/CETIQT, 1996, V.1, 342 p.

ANDRADE FILHO, José Ferreira de. Introdução à tecnologia têxtil. Rio de Janeiro: CETIQT/SENAI, 1987.

ARAÚJO, Mário de; CASTRO, E. M. de Melo e: Manual de engenharia têxtil. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1984. 2 v.

BAUDOT, François. Moda do Século. Cap. 1 A Belle Époque 1900-14. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 2000, p.30-53.

BEIRÃO FILHO, José Alfredo. Remodelando Corpos: as costureiras e suas reminiscências na Florianópolis de 1950. Florianópolis, 2004. Dissertação. (Mestrado em Engenharia de Produção) - Programa de Pós- Graduação em Engenharia de Produção, UFSC, 2004.

BRUNO, Maria Cristina O. Museologia: teoria e prática. Cadernos de Museologia (16) Lisboa: Centro de Estudos de Sócio Museologia. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologia. 1999.

CATELLANI, Regina Maria. Moda Ilustrada de A a Z. Barueri, São Paulo: Manole. 2003.

CUNHA, Almir Paredes. A História da Arte e a Preservação de Bens Culturais. In: MENDES, FEGHALI, Marta Kasznar e DWIER, Daniela. As engrenagens da moda. Rio de Janeiro: Senac, 2001. Z

GOULARTI FILHO. Acides & JENOVEVA NETO, Roseli. A indústria do vestuário, aeconomia, estética e tecnologia. Florianópolis: Obra Jurídica Ltda., 1997.

GRUBER, Valdirene. VESTIDO DE 1910: memória de um passado. 2008. Tcc (Trabalho de conclusão de curso) - Centro de Artes, Universidade do estado de Santa Catarina, Florianópolis.

HORTA, Maria de Lourdes Parreira. A relação cultura material e museus. Rio de Janeiro:IBPC, 1999, (Cadernos de Museologia, n. 3).

LANDI, Sheila. The textile conservatorís manual. 2.ed. London : Butterworth-Heinemamm, 1992.

LAVER, James. A roupa e a moda: uma história concisa. São Paulo: Companhia das Letras, 1989. 285p. 56

LIPOVESTKY, Gilles. O império do Efêmero. A moda e seu destino nas sociedades modernas. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

MARYLKA e BAPTISTA, A. C. N. Restauração: ciência e arte. Rio de Janeiro: UFRJ e IPHAN, 1996.

MENDES, Valerie; HAYE, Amy de La. A Moda do Século XX.Cap.1.1900-1913: Ondulações e exotismos. São Paulo: Martins Fontes, 2003. P.1-36.

MEDEIROS, Maria de J. F. Produto de moda: modelagem industrial com aspectos do design e da ergonomia, Argentina: Buenos Aires, ano 3, n. 5, 2007. III Encuentro Latino Americano de Diseño. Diseño em Palermo. Actas de Diseño - Comunicaciones Acadêmicas. Disponível em: http://fido.palermo.edu/servicios_dyc/encuentro2007/02_auspicios_publicaciones/actas_diseno/articulos_pdf/A131.pdf. Acesso em: 15 maio 2009.

MICHAELIS. Dicionário Michaelis: pequeno dicionário da língua portuguesa. São Paulo: Companhia Melhoramentos, 1998.

NASCIMENTO, Rosana. O objeto museal, sua historicidade: implicações na ação documental e na dimensão pedagógica do museu. Lisboa: ULHT, 1998. Cadernos de Sócio Museologia, n. 11.

PAULA, Teresa Cristina Toledo de. Inventando moda e costurando história: pensando a conservação de têxteis no Museu Paulista/USP. São Paulo, 1998. Dissertação (Mestrado em Ciências) . Escola de Comunicação e Artes, USP.

RECH, Sandra. Moda: por um fio de qualidade. Florianópolis: UDESC, 2002.

RIBEIRO, Luiz Gonzaga. Introdução É tecnologia têxtil. Rio de Janeiro: CETIQT/SENAI, 1984, v.1, 217 p.

SEELING, Charlotte. Moda: o século dos estilistas: 1900-1999.[S.I.]: könemann, 2000.

SOARES, Talita de Almeida Telemberg. Manual de Conservação de acervos documentais e noções de restauração de documentos: Arquivo Público do Estado de Santa Catarina/Associação de Amigos do Arquivo Público/ SC, 1997. 95 p.

SPINELLI JÚNIOR, Jayne. A conservação de acervos bibliográficos e documentais. Rio de Janeiro: Fundação Biblioteca Nacional, Dep. de Processos Técnicos, 1997. 90 p. il.

TORRINELLI, Marlene. Subsídios para a preservação do património têxtil. Monografia. (Especialização Lato Sensu em Moda: criação e produção). UDESC, Florianópolis. 2002. 76 p.57

-----------------. MODATECA: espaço de preservação da memória de moda e vestuário, Florianópolis. 2004. Trabalho de Conclusão de Curso . Curso de Bacharelado em Moda, Centro de Artes/UDESC, Florianópolis, 2004.

TREPTOW, Doris. Inventando moda: planejamento da coleção. 2. ed. Brusque: D. Treptow, 2003.

VICENT-RICHARD, Françoise. As Espirais da Moda. Tradução Maria Inês Rolim. 2™ ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1989.

WEBSTER, Maria Rita. Tear pente-liço: técnicas e possibilidades. Porto Alegre: Mr. Webster Atelier Tecelagem, 1997. 95p.

WILSON, Elisabeth. Enfeitada de Sonhos, Moda e Modernidade. Rio de Janeiro: Edições 70, 1985.

Páginas eletrônicas

http://www.gestaodoluxo.com.br/mercado/materia_59.html. Acesso em 06/05/2008 às 16h02min. http://www.facom.ufba.br/com112_2000_1/passadopresente/desde.htm. Acesso em 06/05/2008 às 16h08min. http://www.fashionteen.org/anos10.html. Acesso em 06/05/2008 ‡s 15h55min. http://www.pmf.sc.gov.br/franklincascaes/?site=142. Acesso em 06/05/2008 às 16h40min. http://fido.palermo.edu/servicios_dyc/encuentro2007/02_auspicios_publicaciones/actas _diseno/articulos_pdf/A131.pdf. Acesso em 06/05/2008 às 14h25min

Downloads

Publicado

2009-07-01

Como Citar

GRUBER, Valdirene; LOPES, Luciana Dornbusch; BEIRÃO FILHO, José Alfredo. Vestido de 1910: memória de um passado de moda. Modapalavra e-periódico, Florianópolis, v. 2, n. 4, 2009. DOI: 10.5965/1982615x02042009079. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/modapalavra/article/view/7693. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Ensaios