O Sutiã e Seus Precursores: uma análise estrutural e diacrônica

Autores

  • Rosiane Pereira Alves Universidade Federal de Pernambuco
  • Laura Bezerra Martins Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.5965/1982615x11222018459

Palavras-chave:

Protossutiã, Espartilho, Sutiã.

Resumo

Este artigo apresenta uma análise estrutural e diacrônica das roupas íntimas usadas para vestir as mamas femininas. Privilegiou a revisão de literatura enquanto fonte de dados. Estes revelaram que as estruturas configurativas dos precursores - protossutiãs e espartilhos - foram parcialmente transferidas para o sutiã. Porém, enquanto os protossutiãs e os espartilhos atuaram como mantenedores de um modelo de status quo de mulheres que não precisavam trabalhar, o sutiã contribuiu para a mudança desse paradigma. Sua criação, adoção e popularização ocorreram no início do século XX, sob influência das demandas sociais do mundo do trabalho e do desenvolvimento do prêt-à-porter.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosiane Pereira Alves, Universidade Federal de Pernambuco

Graduada em Economia Doméstica pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2007). Mestra em Extensão Rural e Desenvolvimento Local pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (2009). Doutora em Design pela Universidade Federal de Pernambuco (2016). Professora Adjunta do Núcleo de Design (ênfase Moda) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE-CAA). Professora da Pós-Graduação em Ergonomia - Mestrado Profissional (UFPE-CAC). Tem desenvolvido pesquisas nas seguintes áreas: análise ergonômica do vestuário e do conforto durante o uso, processos e métodos de avaliação da Vestibilidade e da Usabilidade de produtos; desenvolvimento local e processo de design em Arranjos Produtivos Locais de Confecções; Relações de gênero.

Laura Bezerra Martins, Universidade Federal de Pernambuco

Graduada em Desenho Industrial (1981) pela Universidade Federal de Pernambuco; Especialização em Enginyería Municipal (1992) pela Universitat Politècnica de Catalunya, Barcelona, Espanha; Master en Gestión Medio Ambiental (1994) pelo Instituto de Investigaciones Ecológicas, Málaga, Espanha; Doutorado em Arquitetura (1996) pela Universitat Politècnica de Catalunya, Barcelona, Espanha; Pós-Doutorado (CNPq, 2015-2016) na Universidade do Minho em parceria com a Universidade do Porto, Guimarães, Portugal. Professora Associada do Departamento de Design da Universidade Federal de Pernambuco UFPE. Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Design - Doutorado e Mestrado Acadêmico - e do Programa de Pós-Graduação em Ergonomia - Mestrado Profissional, da UFPE. Líder do Grupo de Pesquisa do CNPq e Coordenadora do Laboratório de Ergonomia e Design Universal (LABERGOdesign) da UFPE. Vice-líder do Grupo de Pesquisa Ergonomia e Usabilidade de Produtos, Sistemas e Produção, do CNPq. Consultora ad hoc do CNPq. Membro do Conselho Editorial das revistas Estudos em Design (ISSN 0104-4229), Educação Gráfica (ISSN 1414-3895) e Revista Brasileira de Tradução Visual (ISSN 2176-9656) e membro do Conselho Editorial da Editora Estação das Letras e Cores. Desenvolve pesquisas nas áreas de ergonomia do ambiente construído, design universal, acessibilidade, sinalização, design da informação, tecnologia assistiva e produtos para pessoas com deficiência.

Referências

AIEX, Viviane Mantovani; MARTINS, Suzana Barreto. Análise dos parâmetros que influenciam na compra de sutiãs tamanhos superiores a 46. Revista Projética. Londrina, v.4, n.1, p. 137-160, Jan./Jun. 2013. Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/projetica>. Acesso em: 20 mar. 2014.

AVELAR, Suzana. Moda: globalização e novas tecnologias. São Paulo: Estação das Letras e Cores Editora, 2009.

BARBIER, Muriel; BOUCHER, Shazia. The story of women’s underwear. New York USA: Parkstone Press International, 2010.

BERG, Ana Laura Marchi. Corset: interpretações da forma e da construção. São Paulo: Editora Senac, 2015.

BONSIEPE, Guy. Metodologia experimental: desenho industrial. Brasília: CNPq/Coordenação Editorial, 1984.

BOUCHER, François. História do vestuário no Ocidente: das origens aos nosso dias. Tradução de André Telles. São Paulo: Cosac Naify, 2010.

BOWLES, Kelly-Ann; STEELE, Julie R.; MUNRO, Bridget J. What are the breast support choices of Australian women during physical activity? Journal Sports Med. n. 42. p. 670-673. Jun. 2008.

BROWN, Nicola; WHITE, Jennifer, BRASHER , Amanda; SCURR, Joanna. An investigation into breast support and sports bra use in female runners of the 2012 London Marathon. Journal of Sports Sciences. p. 1-9, Jan. 2014.

CRANE, Diana. A moda e seu papel social: classe, gênero e identidade das roupas. Tradução de Cristiana Coimbra. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2006.

DOMINY, Katie. Contemporary Lingerie Design. Londres, Reino Unido: Laurence King, 2010.

FOLLI, Anna. Lingerie: the evolution of seduction. Tradução de Catherine Howard. Vercelli, Italy: White Star, 2010.

FONTANEL, Béatrice. Sutiãs e Espartilhos: uma história de sedução. Tradução de Maria Cecília D’Egmont e Olívia Martins. Rio de Janeiro: GMT Editores, 1998.

LAURA, Sharon; CLARK, David; HARVEY, Fiona. Patient preference for bra or binder after breast surgery. ANZ Journal of Surgery. v.74, p.463-464, 2004.

LOBÄCH, Bernd. Design Industrial: base para configuração dos produtos industriais. Trad. Freddy Van Camp. São Paulo: Edgard Blücher, 2001.

ODEBIYI, Daniel O.; AWETO, Happiness A.; GBADEBO, Olumide A.; OLUWOLE, Ayodeji A.; AIYEGBUSI, Ayoola I; OLAOGUN, Matthew O; LEE, Lester J. Association between suitability of bra fit and pectoral girdle myalgia in Nigerian women. International Journal of Therapy and Rehabilitation. v. 22, n. 9, p. 428-433, Sep, 2015.

PIMENTA, Reinaldo. A casa da mãe Joana. Rio de Janeiro: Elsevier, 2002.

RISIUS, Debbie. An investigation of breast support for older women. Tese (Doutorado) - University of Portsmouth, United Kingdom, 2012.

ROSSETI, Ana. Roupas íntimas: o tecido da sedução. Trad. Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

SALEM, Vidal. Tingimento têxtil: fibras, conceitos e tecnologias. São Paulo: Blucher: Golden Tecnologia, 2010.

SALEN, Jill. Vintage Lingerie: historical patterns & techniques. Reino Unido: Anova Books Company Ltda, 2011.

SILVA, Deonísio da. De onde vêm as palavras: origem e curiosidades da língua portuguesa. 17 ed. Rio de Janeiro: Lexikom, 2014.

STALDER, Erika. Moda: um curso prático e essencial. Tradução de Maíra Gonçalves Malosso. São Paulo: Marco Zero, 2009.

STEELE, Valerie. Fetiche: moda, sexo e poder. Tradução de Alexandre Jordão. Rio de Janeiro: Rocco, 1997

THOMAS, Dana. Deluxe: como o luxo perdeu o brilho. Tradução de Ana Gibson. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

UDALE, Jenny. Fundamentos do design de moda: tecidos e moda. Tradução de Edson Furmankiewicz. Porto Alegre: Bookman, 2009.

WONG, Wucius. Princípios de forma e desenho. Trad. Alvamar Helena Lamparelli. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

ZHOU, Jie. New methods of evaluating breast motion in braless and sports conditions. Tese (Doutorado – Ph.D.) – Institute of textiles and clothing. The Hong Kong Polytechnic University. China, 2011.

Downloads

Publicado

2018-07-01

Como Citar

ALVES, R. P.; MARTINS, L. B. O Sutiã e Seus Precursores: uma análise estrutural e diacrônica. Modapalavra e-periódico, Florianópolis, v. 11, n. 22, p. 459-482, 2018. DOI: 10.5965/1982615x11222018459. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/modapalavra/article/view/12259. Acesso em: 18 ago. 2022.