Entrevista com Cláudia Silvana Saldanha Palheta: Reflexões sobre o ensino de Arte na Educação Especial

Autores

  • Revista Educação, Artes e Inclusão

Palavras-chave:

Educação, Artes, Educação Especial, Inclusão,

Resumo

Cláudia Silvana Saldanha Palheta é discente do curso de Mestrado em Artes Visuais, na linha de Ensino do programa de Pós-graduação em Artes Visuais (PPGAV), da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Graduada em Educação Artística, com habilitação em Artes Plásticas pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Especialista em Semiótica e Artes Visuais pelo Instituto de Ciências das Artes (ICA/UFPA). Especialista em Educação Especial pelo Instituto Superior de Educação de Afonso Cláudio (ISEAC). Professora de Artes Visuais da rede pública de ensino do Estado do Pará e da Educação Especial (APAE) desde 2009. Foi colaboradora do Grupo de Estudos em Educação Inclusiva e Ambiental (GEIA) do Instituto de Ciências Biológicas da UFPA, pesquisando arte como ferramenta transdisciplinar na educação de deficientes intelectuais e desenvolvendo atividades em colaboração com os estagiários do grupo. Integra o Grupo de Pesquisa Educação, Artes e Inclusão, da UDESC, desde 2017.

Referências

ANVERSA, Priscila. O que pensam as famílias sobre a formação artística dos filhos com deficiência. Com a palavra, as mães. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós Graduação em Artes Visuais. Universidade Estadual do Estado de Santa Catarina. Florianópolis, 2011.

BEYER, Hugo Otto. A Educação Inclusiva: ressignificando conceitos e práticas da educação especial. In: Inclusão - Revista da Educação Especial. Ano 2. Nº. 02. Brasília: Secretaria de Educação Especial (MEC). Julho, 2006. p. 8-12.

BRASIL. República Federativa do. Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência: Protocolo Facultativo à Convenção sobre os direitos das Pessoas com Deficiência: Decreto Legislativo nº 186, de 09 de julho de 2008: Decreto nº 6.949, de 25 de agosto de 2009. 4ª Ed., rev e atual. Brasília: Secretaria de Direitos Humanos, 2010. 100p.

______. Ministério da Educação. SEESP. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Documento elaborado pelo Grupo de Trabalho nomeado pela Portaria n. 555/2007, prorrogada pela Portaria n. 948/2007, entregue ao Ministro da Educação em 07 de janeiro de 2008. Brasília, 2008.

GARCIA, Rosalba Maria Cardoso (Org.) Políticas de Educação Especial no Brasil no Início do Século XXI. Florianópolis: UFSC/CED/NUP, 2017.

MANTOAN, Maria Teresa Eglér. Revista Nova Escola, 1 de maio de 2005. Disponível em: <https://novaescola.org.br/conteudo/902/inclusao-promove-a-justica>

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. A defectologia e o estudo do desenvolvimento e da educação da criança anormal. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 4, p. 861-870, dez. 2011.

Downloads

Publicado

2018-07-01