Efeitos de enxofre e nitrogênio na qualidade industrial e no rendimento de grãos de trigo

Autores

  • Tiago Olivoto
  • Ivan Ricardo Carvalho
  • Maicon Nardino
  • Mauricio Ferrari
  • Alan Junior de Pelegrin
  • Diego Nicolau Follmann
  • Luiz Carlos Gutkoski
  • Velci Queiróz de Souza

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811711512016024

Palavras-chave:

Triticum aestivum L., afilhamento, alveografia, glúten, parcelamento.

Resumo

A demanda e a exigência do mercado consumidor por grãos de trigo que apresentem qualidade industrial satisfatória têm estimulado a tecnificação do cultivo, principalmente no que diz respeito à questão nutricional. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da suplementação de enxofre e do parcelamento do nitrogênio (N) na qualidade de panificação e no rendimento dos grãos de trigo da cultivar TBIO Itaipu®. Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados organizados em esquema fatorial, sendo dois manejos de enxofre (com e sem) e quatro manejos de nitrogênio (I: 100% de N no duplo anel; II: 30% de N no afilhamento + 40% de N no duplo anel + 30% de N no espigamento; III: 50% de N no afilhamento + 50% de N no duplo anel; IV: 50% de N no duplo anel + 50% de N no espigamento), dispostos em quatro repetições. Nossos resultados mostraram que a suplementação de enxofre aumentou o teor de glúten, o qual esteve positivamente correlacionado com a extensibilidade e a força de glúten da massa na presença do mesmo, influenciando positivamente os parâmetros tecnológicos da farinha destinada à panificação. Os manejos nitrogenados com parcelamento (no afilhamento, no duplo anel e no espigamento) aumentaram o rendimento de grãos em razão do maior número de afilhos por planta e maior número de espigas por metro quadrado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-04-30

Como Citar

OLIVOTO, T.; CARVALHO, I. R.; NARDINO, M.; FERRARI, M.; PELEGRIN, A. J. de; FOLLMANN, D. N.; GUTKOSKI, L. C.; SOUZA, V. Q. de. Efeitos de enxofre e nitrogênio na qualidade industrial e no rendimento de grãos de trigo. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 15, n. 1, p. 24-33, 2016. DOI: 10.5965/223811711512016024. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/223811711512016024. Acesso em: 22 jan. 2022.

Edição

Seção

Artigo Completo - Ciência de Plantas e Produtos Derivados