Fast-Fashion Laughing: Irreverence, Imitation and Innovation

Daniela Szabluk, Marina Anderle Giongo, Júlio Carlos de Souza van der Linden

Resumo


Este artigo apresenta uma análise das estratégias utilizadas pela Budha Khe Rhi, uma empresa brasileira de moda. A abordagem de pesquisa adotada foi o estudo de caso único, baseado em análise documental, observação de campo e entrevistas com o diretor de marketing da empresa. A Budha Khe Rhi desenvolveu-se como uma marca reconhecida e associada a estilo de vida e experiências que os jovens valorizam. Hoje em dia, após a expansão por meio de abertura de franquias, a empresa está em transição para uma estratégia próxima ao fast-fashion. A fim de analisar as estratégias que a empresa tem implementado para inovar, foi adotado o framework Dez Tipos de Inovação (KELLEY et al, 2013). Os resultados mostram que a empresa destaca-se em sete dos dez tipos de inovação: modelo de negócio e rede (configuração); Desempenho do produto (Oferta); e Serviço, Canal, Marca e Engajamento do Cliente (Experiência). O produto não é seu ponto forte, embora haja algumas inovações notáveis. As principais inovações dizem respeito a uma nova maneira de interagir com os fãs e compartilhar o estilo de vida da marca. O principal fator que promove a inovação está relacionada com a predisposição dos gestores para incentivar os funcionários a pensar sobre melhores práticas no seu trabalho e também implementar novas soluções.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1982615x09012015042

Direitos autorais Daniela Szabluk, Marina Anderle Giongo, Júlio Carlos de Souza van der Linden

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png