O processo criativo na construção de uma fantasia carnavalesca: em busca de uma metodologia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1982615x13272020048

Palavras-chave:

moda, carnaval, carnavalesco, fantasia

Resumo

O desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro é um evento sazonal e temático que é realizado por diversos profissionais ligados à criação de serviços e produtos, em função da festa. Neste artigo analisamos questões no processo criativo do carnavalesco Severo Luzardo, ao projetar uma fantasia. Assim, pretendemos ressaltar as relações entre o fazer carnavalesco e as ações de design, inserindo a prática carnavalesca como uma “forma particular de design”. Para tal apresentamos um figurino carnavalesco de ala inspirado no milho e a consequente materialização deste projeto (do croqui à fantasia-protótipo pronta), tecendo paralelos com os processos metodológicos do design de moda e do design de produto. Pretendemos descortinar práticas que nos revelem processos de design e que nos levem a aproximação do carnaval à prática acadêmica do design.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudio Almeida, Federal University of Rio de Janeiro

Mestrando em Design pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2018). Possui graduação em Design pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio (2013),com bacharelado nas habilitações de Design de Projeto de Produto e Design de Moda; Foi bolsista PIBIC do Laboratório de Representação Sensível/ LaRS, representante do corpo discente nas reuniões de Comissão Geral do Departamento de Artes e Design/ DAD e presidente do Centro Acadêmico (2009/ 2010). Interessado em pesquisas que envolvem moda, carnaval e cultura popular.

O sistema acusa meu ORCID como inválido: https://orcid.org/0000-0003-4609-4404

Madson Oliveira, Federal University of Rio de Janeiro

Graduação em Estilismo e Moda (Universidade Federal do Ceará - UFC, 2002); Especialização no Ensino da Arte (Universidade Veiga de Almeida - UVA-Rj, 2005), Mestrado (2006) e Doutorado (2010) em Design, ambos realizados na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio. Entre 2013 e 2014 desenvolveu a pesquisa de pós-doutorado intitulada "A criação dos figurinos para o rancho Ameno Resedá, por meio da análise das aquarelas realizadas por Amaro Amaral, em 1913", sob supervisão da profa. Dra. Maria Cristina Volpi Nacif, no PPGAV-EBA/UFRJ. Professor no Programa de Pós-Graduação em Design - EBA/UFRJ (jan./2017); Professor Associado, do Curso de Artes Cênicas na Escola de Belas Artes/UFRJ (iniciou a atividade docente na EBA/UFRJ em 2003, em dos contratos de professor substituto). Foi Professor assistente A da Escola de Design, na Universidade Veiga de Almeida (entre 2003 e 2012) e foi Professor visitante do Curso de Pós-Graduação Moda e Marketing, Marista Católica do Ceará - CE. Foi Professor auxiliar I da Universidade Estácio de Sá (entre março a dezembro de 2007). Foi Coordenador do Curso: de Pós-Graduação Lato Sensu em Figurino e Carnaval (UVA-Rj, de set./2007 a mar./2009); Foi Coordenador do curso Superior de Graduação Tecnológica em Design de Carnaval (UVA-Rj, de jan./2008 a jan./2011). Entre abril/2012 e agosto/2014 foi coordenador do curso de Artes Cênicas/UFRJ (habitações: indumentária e cenografia). A partir de outubro/2014 assumiu a Chefia do Departamento de Artes Utilitárias - BAU/EBA. Desde maio/2018 é o responsável pelo novo Departamento de Artes Teatrais - BAT/EBA. Tem interesse em pesquisas na área de Artes, atuando principalmente nos seguintes temas: MODA, CARNAVAL, FIGURINO / INDUMENTÁRIA, ARTES e DESIGN. 

Referências

CAVALCANTI, Maria Laura Viveiros De Castro. Carnaval carioca: dos bastidores ao desfile. Rio de Janeiro: FUNARTE/UFRJ, 1994.

FERREIRA, Felipe. O livro de ouro do carnaval brasileiro. Rio de Janeiro: Ediouro, 2004.

FERREIRA, Felipe. O marquês e o jegue: estudo da fantasia para escolas de samba. Rio de Janeiro: Altos do Glória, 1999.

Manual do Julgador da Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIESA). Disponível em: http://liesa.globo.com/material/materia2019/publicacoesliesa/___MANUALDOJULGADOR/Manual%20do%20Julgador%20-%20Carnaval%202019.pdf. Acesso em 13 maio 2019.

LODY, Raul. Brasil bom de boca. São Paulo: Ed. Senac, 2008.

MAGALHÃES, Rosa Lucia Benedetti. Fazendo carnaval: The making of carnival. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1997.

NIEMEYER, Lucy. Design no Brasil: origem e instalação. Rio de Janeiro: 2AB, 2007.

OLIVEIRA, Madson. “As fantasias para escola de samba”. In: VIANA, Fausto; BASSI, Carolina (orgs.). Traje de cena, traje de folguedo. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2014.

PIRES, Dorotéia. Design de Moda: olhares diversos. Barueri/SP: Estação das Letras e Cores Editora, 2008.

SOMMERMAN, Américo. Inter ou transdisciplinaridade?: da fragmentação disciplinar ao novo diálogo entre os saberes. São Paulo: Paullus, 2006.

SOUZA, Luciana Barbosa de. Desfile em processo: um estudo da produção das alegorias e fantasias para o desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: PUC – Rio (Dissertação de Mestrado em Design), 2001.

UNIÃO da Ilha do Governador. Livro Abre Alas 2018. Disponível em: https://liesa.globo.com/2019/por/03-carnaval/abrealas/index.html. Acesso em: 02 mar. 2018.

Downloads

Publicado

2020-03-31

Como Citar

ALMEIDA, Cláudio; OLIVEIRA, Madson. O processo criativo na construção de uma fantasia carnavalesca: em busca de uma metodologia. Modapalavra e-periódico, Florianópolis, v. 13, n. 28, p. 48–73, 2020. DOI: 10.5965/1982615x13272020048. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/modapalavra/article/view/15382. Acesso em: 18 abr. 2024.

Edição

Seção

Variata