Leguminosas adaptadas como alternativa alimentar para ovinos no semiárido – revisão

Autores

  • José Adelson Santana Neto Doutorando em Zootecnia Universidade Federal da Paraíba
  • Vinicius da Silva Oliveira Doutorando em Zootecnia Universidade Federal da Bahia
  • Roberta de Lima Valença Doutoranda em Zootecnia Unesp/Jaboticabal

Palavras-chave:

gliricídia, leucena, ovinos.

Resumo

O objetivo dessa revisão foi fazer uma caracterização da utilização de leguminosas alternativas e adaptadas ao nordeste brasileiro e avaliar o efeito destas na alimentação e produção de ovinos. Diante das informações, verificou-se a importância da utilização destas leguminosas para promover uma melhor produtividade na região nordeste do Brasil em épocas de pouca oferta de alimentos para ruminantes e, com isso, aumentar a lucratividade na criação de ovinos.

Biografia do Autor

José Adelson Santana Neto, Doutorando em Zootecnia Universidade Federal da Paraíba

Possui Graduação em Zootecnia pela Universidade Federal de Sergipe (2011). Foi estagiário da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA Tabuleiros Costeiros), onde foi bolsista de Iniciação Científica (PIBIC) pela FAPITEC/SE nos períodos de 2008/2009 e 2009/2010 e bolsista de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBIT) FAPITEC/SE no período de 2010/2011.Possui Mestrado em Zootecnia, na área de Produção Animal no Semi-árido (Linha de pesquisa: Alimentação e Nutrição Animal) pela Universidade Federal de Sergipe (2013). Foi bolsista do Programa de Bolsas de Mestrado e Doutorado da FAPITEC/SE. Atualmente faz doutorado em Zootecnia pela Universidade Federal da Paraíba/CCA Areia, é bolsista de Doutorado pela CAPES. Tem experiência na área de Zootecnia, com ênfase em Nutrição e Alimentação Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: utilização de gliricídia na alimentação de ovinos, uso de subprodutos da mandioca na alimentação de pequenos ruminantes, confinamento, manejo de bovinos em sistemas silvipastoril e manejo de leguminosa arbórea.

Downloads

Publicado

2015-08-21

Edição

Seção

Revisão Bibliográfica