Efeito do cultivo do solo sobre a diversidade da fauna edáfica no planalto sul catarinense

Autores

  • Dilmar Baretta
  • Julio Cesar Pires Santos
  • Ildegardis Bertol
  • Mauricio Vicente Alves
  • Alex Fernando Manfoi
  • Carolina Riviera Duarte Maluche Baretta

Palavras-chave:

diversidade, semeadura direta, preparo convencional, análise de Cluster.

Resumo

O presente trabalho objetivou avaliar o impacto e sistemas de preparo e cultivo do solo sobre a abundância e diversidade da fauna edáfica. O trabalho foi conduzido em Lages, SC, num Cambissolo Húmico alumínico, de fevereiro a dezembro de 2001, consistindo dos seguintes sistemas de preparo do solo: preparo convencional (PC); cultivo mínimo (CM); e semeadura direta (SD). Cada sistema de preparo foi avaliado em condições de rotação (rc) com as culturas de milho, soja e trigo; e de sucessão (sc) com as culturas de soja e trigo. Além, do tratamento de preparo convencional sem culturas (SC). A fauna foi amostrada em fevereiro, abril, junho, outubro e dezembro de 2001, usando seis armadilhas, distribuídas aleatoriamente em cada tratamento. A abundância e diversidade da fauna edáfica foram sensíveis às operações de preparo e cultivo do solo. A diversidade da fauna edáfica foi significativamente maior nos tratamentos SDsc e CMsc, e menor no tratamento SC. Os grupos Collembola, Acarina e Hymenoptera juntos, representaram mais de 90% da ocorrência total de organismos em todos os sistemas estudados. A Análise de Agrupamento baseada na similaridade da fauna revelou um primeiro agrupamento entre PCcr, CMcr e SDcr. Um segundo agrupamento consistiu em PCsc e SC. E, finalmente, CMsc e SDsc ficaram isolados dos demais sistemas estudados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

BARETTA, Dilmar; SANTOS, Julio Cesar Pires; BERTOL, Ildegardis; ALVES, Mauricio Vicente; MANFOI, Alex Fernando; BARETTA, Carolina Riviera Duarte Maluche. Efeito do cultivo do solo sobre a diversidade da fauna edáfica no planalto sul catarinense. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 5, n. 2, p. 108–117, 2006. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/5383. Acesso em: 27 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo Completo - Ciência do Solo e do Ambiente

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>