Babesiose canina: uma visão geral da doença

Autores

  • Juliana Fortes Vilarinho Braga
  • Silvana Maria Medeiros de Sousa Silva

Palavras-chave:

Babesia canis, Babesia vogeli, Doença hemolítica, Cães, Carrapatos.

Resumo

A babesiose canina é uma doença hemolítica transmitida por carrapatos, causada pelos agentes Babesia gibsoni e Babesia canis, com este englobando as subespécies B. canis vogeli, B. canis canis e B. canis rossi. Estas espécies e subespécies são transmitidas por carrapatos vetores distintos exibindo patogenicidade variável, o que tem influenciado nas síndromes clínicas exibidas pelos animais acometidos, assim como alguns fatores inerentes aos cães infectados. Essas diversidades morfológicas, epidemiológicas e patogenéticas dos agentes têm contribuído para as variações na distribuição e apresentação clínico-patológica da enfermidade e dificultado o diagnóstico da doença. Diante disso, esta revisão tem por objetivo expor os aspectos etiológicos, epidemiológicos, imunológicos e clínico-patológicos, como também os métodos disponíveis para diagnóstico da babesiose canina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

BRAGA, J. F. V.; SILVA, S. M. M. de S. Babesiose canina: uma visão geral da doença. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 12, n. 2, p. 204-213, 2014. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/5215. Acesso em: 25 maio. 2022.

Edição

Seção

Revisão Bibliográfica