Bioatividade de extratos de própolis sobre o pulgão Myzus persicae Sulzer (Hemiptera: Aphididae) em couve manteiga

Autores

  • Aline Marielle de Souza Rocha Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Alana Juliete da Silva Santos Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Rita de Cássia Rodrigues Gonçalves-Gervásio Universidade Federal do Vale do São Francisco

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811711632017332

Palavras-chave:

pulgão-verde, Brassica oleraceae, produtos naturais, MIP.

Resumo

Considerando a relevância do pulgão-verde (Myzus persicae) como praga para diversas hortaliças, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de extrato de própolis sobre o comportamento e mortalidade desse afídeo. Além disso, caracterizou-se quimicamente a própolis utilizada, a qual foi coletada em colmeias de Apis melífera no Campus Ciências Agrárias da Universidade Federal do Vale do São Francisco (CCA/UNIVASF) em Petrolina, PE. Para a preparação do extrato, foram utilizados 30 g de própolis bruta triturada para cada 100 mL de solução alcoólica hidratada (70%), por um período de 10 dias, obtendo-se a solução estoque. A partir desta, foram feitas diluições para as concentrações de 10, 20, 30 e 40% em água destilada. Foram realizados bioensaios de atratividade (com e sem chance de escolha) e mortalidade, utilizando discos de folhas de couve manteiga tratados com extratos nas diferentes concentrações e testemunha. Diante dos resultados, foi possível verificar que o extrato alcoólico de própolis em baixas concentrações exerce atração sobre o pulgão-verde, enquanto em concentrações acima de 20%, o mesmo extrato repele indivíduos dessa espécie. O extrato alcoólico de própolis apresenta efeito tóxico ao pulgão-verde, provocando níveis crescentes de mortalidade à medida que se aumenta a concentração do mesmo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Marielle de Souza Rocha, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Alana Juliete da Silva Santos, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Vale do São Francisco.

Rita de Cássia Rodrigues Gonçalves-Gervásio, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras e doutorado em Ciências (Entomologia) pela Escola Superior de Agricultura Luis de Queiroz/USP. Atualmente é professora Associada da Universidade Federal do Vale do São Francisco, ministrando disciplinas na área de Entomologia e Manejo de Pragas Agrícolas.

Downloads

Publicado

2017-09-25

Como Citar

ROCHA, A. M. de S.; SANTOS, A. J. da S.; GONÇALVES-GERVÁSIO, R. de C. R. Bioatividade de extratos de própolis sobre o pulgão Myzus persicae Sulzer (Hemiptera: Aphididae) em couve manteiga. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 16, n. 3, p. 332-337, 2017. DOI: 10.5965/223811711632017332. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/223811711632017332. Acesso em: 17 jan. 2022.

Edição

Seção

Nota Científica