Hospedabilidade de genótipos de soja a Meloidogyne arenaria e Meloidogyne morocciensis

Autores

  • Daiane Dalla Nora Phytus Group, Estação experimental de Itaara, Itaara, Rio Grande do Sul, Brasil.
  • Ricardo Rubin Balardin Phytus Group, Estação experimental de Itaara, Itaara, Rio Grande do Sul, Brasil.
  • Tiago Edu Kaspary Instituto Nacional de Investigación Agropecuaria -INIA La Estanzuela, Colonia, Uruguay
  • Ismail Teodoro de Souza Júnior Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil.
  • Cristiano Bellé Universidade Federal de Pelotas https://orcid.org/0000-0003-2247-3207

DOI:

https://doi.org/10.5965/223811711942020428

Palavras-chave:

Glycine max, nematoide-das-galha, reprodução, suscetibilidade

Resumo

A cultura da soja tem sua produtividade limitada por diversos fatores bióticos, dentre estes destacam-se os fitonematoides. Várias espécies já foram relatadas causando danos à cultura, especialmente as do gênero Meloidogyne.  Diante disso, o objetivo do trabalho foi avaliar, em casa de vegetação, a reação de 28 cultivares de soja a M. arenaria e M. morocciensis. As cultivares de soja testadas foram as mesmas para os dois ensaios, sendo individualmente inoculadas com 5.000 ovos + juvenis do segundo estádio (J2) de Meloidogyne mantidas em casa de vegetação. Decorridos 60 dias da inoculação, as raízes de cada planta foram avaliadas quanto ao número de galhas, população final e fator de reprodução (FR = população final/população inicial). A seguir, as médias das diferentes variáveis foram comparadas entre si pelo teste de agrupamento de Scott e Knott a 5%. Todas as cultivares de soja avaliadas comportaram-se como suscetíveis a ambos nematoides, com FR variando 3,5 a 24,1 para M. arenaria, e de 5,3 a 37,5 para o M. morocciensis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAUJO FF et al. 2012. Controle genético, químico e biológico de meloidoginose na cultura da soja. Pesquisa Agropecuária Tropical 42: 220-224.

ASMUS GL. 2001. Danos causados à cultura da soja por nematoides do gênero Meloidogyne. In: SILVA JFV. (Org.). Relações parasito-hospedeiro nas meloidoginoses da soja. Londrina: Embrapa Soja. p.39-62.

BELLÉ C et al. 2017. Reação de cultivares de soja a Pratylenchus brachyurus. Agrarian 10: 136-140.

BONETI JIS & FERRAZ S. 1981. Modificação do método de Hussey & Barker para extração de ovos de Meloidogyne exigua em raízes de cafeeiro. Fitopatologia Brasileira 6: 553.

CARNEIRO RMDG & ALMEIDA MRA. 2001. Técnica de eletroforese usada no estudo de enzimas dos nematoides de galhas para identificação de espécies. Nematologia Brasileira 25: 35-44.

CONAB. 2019. Companhia Nacional de Abastecimento. Safras: séries históricas. Brasília: CONAB. Disponível em: http://www.conab.gov.br/safras.asp. Acesso em: 18 Jan. 2019.

DIAS WP et al. 2010. Nematoides em soja: identificação e controle. Londrina: Embrapa Soja. 8p. (Circular Técnica 76).

DIAS-ARIEIRA CR & CHIAMOLERA FM. 2011. Cresce a incidência de nematoides em milho e soja. Revista Campo e Negócios 97: 18-21.

DIAS-ARIEIRA CR et al. 2018. Biological control of in soya bean crops. Journal of Phytopathology 166: 722-728.

HUSSEY RS & BARKER KR. 1973. A comparison of methods of collecting inocula of Meloidogyne spp., including a new technique. Plant Disease Reporter 57: 1025-1028.

KIRSCH VG et al. 2016. Caracterização de espécies de Meloidogyne e de Helicotylenchus associadas à soja no Rio Grande do Sul. Nematropica 46: 197-208.

MATTOS VS et al. 2016. Meloidogyne spp. populations from native Cerrado and soybean cultivated areas: genetic variability and aggressiveness. Nematology 18: 505-515.

OOSTENBRINK R. 1966. Major characteristics of the relation between nematodes and plants. Mededeelingen der Landbouw-Hoogeschool 66: 1-46.

SANTANA-GOMES SM et al. 2014. Crop succession in the control of Pratylenchus brachyurus in soybean. Nematropica 44: 200-206.

SCHMITT J & BELLÉ C. 2016. Reação de cultivares de soja a Meloidogyne javanica e M. incognita. Nematropica 46: 76-80.

SILVA JFV. 2001. Resistência Genética de soja a nematoides do gênero Meloidogyne. In: SILVA JFV. (Org.). Relações parasito-hospedeiro nas meloidoginoses da soja. Londrina: Embrapa Soja. p.95-127.

Downloads

Publicado

2020-12-14

Como Citar

DALLA NORA, Daiane; BALARDIN, Ricardo Rubin; KASPARY, Tiago Edu; SOUZA JÚNIOR, Ismail Teodoro de; BELLÉ, Cristiano. Hospedabilidade de genótipos de soja a Meloidogyne arenaria e Meloidogyne morocciensis. Revista de Ciências Agroveterinárias, Lages, v. 19, n. 4, p. 428–433, 2020. DOI: 10.5965/223811711942020428. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/agroveterinaria/article/view/17223. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigo de Pesquisa - Ciência de Plantas e Produtos Derivados

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)