A história e a narração – Perspectivas de formação no Teatro de Formas Animadas Contemporâneo

Hadas Ophrat

Resumo


Um projeto de qualidade e uma atuação virtuosa nem sempre produzem um
bom espetáculo. Eles não são suficientes. Também não basta a soma total dos elementos da cena. A encenação é um ofício focado principalmente na construção de novas relações complexas entre os vários elementos: entre a história e a interpretação, os bonecos e os performers, os personagens e sua função e entre a história e a narração. Este artigo analisa as práticas de ensino estabelecidas por Ophrat através de quatro exercícios que tratam, respectivamente, de: (a) a função do corpo na forma como ele reflete na
relação entre o performer e os bonecos, (b) a utilização separada de som e ação, sendo originados a partir de diferentes fontes, (c) a ideia da dualidade do boneco como um papel dramático e (d) a compreensão de que tudo em teatro de formas animadas pode ser manipulado, inclusive o espaço.


Palavras-chave: Teatro visual. Narração de histórias. Sujeito-objeto.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/2595034702142015124

Direitos autorais 2018 Móin-Móin Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES, DIRETÓRIOS E BASES DE DADOS: