Experiências cênicas: fissuras criativas na escola com crianças e adolescentes

Autores

  • Paulo Merisio Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO; CNPq.
  • Getulio Góis de Araujo Escola de Educação Básica - ESEBA / Universidade Federal de Uberlândia.
  • Ligia da Cruz Silva Escola Municipal Escritor Millôr Fernandes – Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro/RJ - SME

DOI:

https://doi.org/10.5965/414573103362019181

Resumo

Os três autores deste trabalho possuem aspectos comuns em suas trajetórias, que reverberam em seus campos de pesquisa. Docentes que possuem forte ligação com o campo da pedagogia do teatro e que articulam seus universos de pesquisa à prática cênica. Este artigo analisa duas experiências que buscam criar fissuras nas estruturas escolares por meio de experiências criativas, investindo nos desejos dos próprios artistas-estudantes – a primeira com crianças numa escola da cidade do Rio de Janeiro/RJ e a segunda com adolescentes em um Colégio de Aplicação em Uberlândia/MG. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Merisio, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO; CNPq.

Doutor em Artes Cênicas - UNIRIO. Professor Associado - UNIRIO (Departamento do Ensino de Teatro; PPGAC; PPGEAC). Bolsista de Produtividade em Pesquisa - PQ2 - CNPq.

Getulio Góis de Araujo, Escola de Educação Básica - ESEBA / Universidade Federal de Uberlândia.

Doutor em Artes Cênicas - UNIRIO. Professor da Escola de Educação Básica - ESEBA / Universidade Federal de Uberlândia.

Ligia da Cruz Silva, Escola Municipal Escritor Millôr Fernandes – Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro/RJ - SME

Mestranda em Ensino de Artes Cênicas - UNIRIO. Professora na Escola Municipal Escritor Millôr Fernandes – Rio de Janeiro/RJ

Downloads

Publicado

2019-12-13

Como Citar

MERISIO, P.; ARAUJO, G. G. de; SILVA, L. da C. Experiências cênicas: fissuras criativas na escola com crianças e adolescentes. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 36, p. 181-203, 2019. DOI: 10.5965/414573103362019181. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/15731. Acesso em: 17 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Pedagogia do Teatro: vozes da América Latina