Puesta en escena de A Dama dos Evangelhos: mezcla de lenguajes para llevar a la escena el personaje de María Magdalena

Autores

  • Elisa Martins Lucas Diretora de Artes Cênicas e Pesquisadora - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Doutora em Ciências do Espetáculo-Universidade de Sevilha (Espanha) Mestra em Ciências do Espetáculo-Universidade de Sevilha (Espanha) Bacharel em Artes Cênicas UFRGS (Brasil) Integrante do Grupo de Pesquisa Dramaturgias Contemporâneas: Percursos entre Adaptação, Gênero, História e Imaginário - FURG (DGP-CNPQ) http://orcid.org/0000-0003-2569-4873

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102352019360

Resumo

El artículo presenta etapas de la puesta en escena de A Dama dos Evangelhos, texto elaborado con objetivo de sistematizar el proceso de creación dramatúrgica actoral. La metodología utilizó procedimientos de práctica escénica (improvisaciones corporales y vocales), mezcla de lenguajes (Teatro de Objetos y Cuentacuentos) clases de Magia y de Danza del Vientre,) y recogida de datos cualitativos junto a los espectadores. Losresultados apuntan que hay una mayor funcionalidad en la trasmisión del contenido cuando múltiplos lenguajes son llevados a la escena y que el proceso de creación dramatúrgica actoral se configura como forma alternativa a la teoría y práctica teatral tradicionales.

Biografia do Autor

Elisa Martins Lucas, Diretora de Artes Cênicas e Pesquisadora - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Doutora em Ciências do Espetáculo-Universidade de Sevilha (Espanha) Mestra em Ciências do Espetáculo-Universidade de Sevilha (Espanha) Bacharel em Artes Cênicas UFRGS (Brasil) Integrante do Grupo de Pesquisa Dramaturgias Contemporâneas: Percursos entre Adaptação, Gênero, História e Imaginário - FURG (DGP-CNPQ)

Natural de Rio Grande, Elisa Lucas é atriz, pesquisadora, dramaturga, diretora, oficineira teatral e contadora de histórias. Doutora e Mestra em Ciências do Espetáculo (Universidade de Sevilha, Espanha). Bacharel em Artes Cênicas (UFRGS). Atua em Teatro, Oficinas de Teatro, Contação de Histórias, Teatro Empresarial e Vídeo desde 2000 em Porto Alegre, RS. Fundadora do Grupo Capitu. Desenvolve estudos focados no trabalho do ator, criação dramatúrgica, processos de criação cênica e presença de palco para músicos. A partir da pesquisa O processo de criação dramatúrgica do ator, desenvolveu e encenou os textos Confesso que Capitu (2004), Histórias de uma Mala Só (2009) - Prêmio Tibicuera de Melhor Atriz 2009 - Encantos de Natal (2012) e A Dama dos Evangelhos (2014). Este último, desenvolvido na Espanha com ajuda de Iberescena e publicado em Dramaturgia de Iberescena: Antologia (México, 2012), representando o Brasil. Integra o grupo Dramaturgias Contemporâneas: Percursos entre Adaptação, Gênero, História e Imaginário (FURG), coordenado pelo Prof. Dr. Valter Henrique de Castro Fritsch. Integra o Coletivo As DramaturgA. Atualmente é Diretora de Artes Cênicas do Instituto de Artes da UFRGS.

Elisa realizou cursos com Julia Varley, Jean Jacques Lemetre, Philip Goulier, Thomas Leabhart, Antonio Amâncio, Maria Helena Lopes, Luis Carlos Vasconcellos, Ivaldo Bertazzo e outros mestres do Brasil, Espanha, Itália, França, Inglaterra e EUA.

Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/106151299186

Publicado

2019-09-20

Como Citar

Lucas, E. M. (2019). Puesta en escena de A Dama dos Evangelhos: mezcla de lenguajes para llevar a la escena el personaje de María Magdalena. Urdimento - Revista De Estudos Em Artes Cênicas, 2(35), 360-387. https://doi.org/10.5965/1414573102352019360