Traduções no teatro, feitas para publicar, encenar ou legendar: uma tipologia possível

Autores

  • Ruth Bohunovsky Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102352019129

Resumo

Partindo das premissas teóricas da tradução funcionalista – que tem o escopodo trabalho como seu conceito central – procura-se diferenciar diversos tipos de tradução no meio teatral. A discussão limita-se à tradução interlingual de textos escritos. O artigo propõe a distinção entre três tipos básicos de tradução teatral: a tradução literária, a tradução performável e a tradução para legenda. Em oposição a abordagens tradicionais, queprivilegiam um determinado tipo de tradução em detrimento de outro, defende-se que os três tipos cumprem funções importantes nos sistemas literário e teatral de um determinado contexto linguístico e cultural, requerendo, no entanto, escopose, portanto, estratégias de tradução diferenciados. 

Biografia do Autor

Ruth Bohunovsky, Universidade Federal do Paraná

mestrado Universidade de Viena (1997); doutorado Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, Estudos da Tradução, 2003); pós-doutorado na UNICAMP e Universidade de Viena (2003 até 2007), desde 2008 profa. dra. na Universidade Federal do Paraná, área de alemão (pesquisas em Alemão como Lìngua Estrangeira, Tradução, Literatura austríaca)

Downloads

Publicado

2019-09-20

Como Citar

Bohunovsky, R. (2019). Traduções no teatro, feitas para publicar, encenar ou legendar: uma tipologia possível. Urdimento - Revista De Estudos Em Artes Cênicas, 2(35), 129-148. https://doi.org/10.5965/1414573102352019129

Edição

Seção

Dossiê Temático - Sobre a Tradução no Teatro: abordagens histórico-culturais