Normativas educacionais para o ensino de teatro no Brasil e na Itália: um exercício reflexivo-comparativo

Autores

  • Taís Ferreira Universidade Federal de Pelotas
  • Marcio Paim Mariot Instituto Federal Sul-rio-grandense

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573101342019096

Resumo

Este artigo é um comparativo a partir da leitura e problematização de leis e normativas curriculares para o teatro na educação básica regular no Brasil e na Itália. É parte das análises de cunho teórico documental empreendidas no âmbito do projeto de pesquisa “Teatro e educação entre Brasil e Itália: modelos, processos e formação”. Propomos, portanto, um exercício comparativo-reflexivo a partir do qual pretendemos ampliar nosso horizonte de expectativas sobre a presença do ensino-aprendizagem e da formação em teatro em conjunturas educacionais diversas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Taís Ferreira, Universidade Federal de Pelotas

Professora adjunta do curso de Teatro - Licenciatura UFPel. Doutora Artes Cênicas Unibo e UFBa. Mestre PPGEDu UFRGS. Bacharel DAD UFRGS.

Marcio Paim Mariot, Instituto Federal Sul-rio-grandense

Professor titular do IFSul-CAVG. Doutor Agronomia UFPel e mestre em Fitotecnia UFRGS. Licenciado em Teatro UFPel e licenciado em Formação Especial de Professores UCPel.

Downloads

Publicado

2019-04-04

Como Citar

FERREIRA, Taís; MARIOT, Marcio Paim. Normativas educacionais para o ensino de teatro no Brasil e na Itália: um exercício reflexivo-comparativo. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 1, n. 34, p. 096–109, 2019. DOI: 10.5965/1414573101342019096. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573101342019096. Acesso em: 22 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Temático - Pedagogia das Artes Cênicas: desafios e resistência