O primitivo flerta com o moderno: encontros amorosos nos filmes de Carmen Miranda no contexto da Boa Vizinhança

Autores

  • Káritha Bernardo de Macedo Instituto Federal de Santa Catarina – Campus Gaspar, R. Adriano Kormann, 456, Bela Vista, 89110-971 Gaspar - SC; Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Artes, 1907, Av. Me. Benvenuta - Itacorubi, 88035-901, Florianópolis - SC, Brasil. http://orcid.org/0000-0002-9583-5590
  • Mara Rúbia Sant´Anna Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Artes, 1907, Av. Me. Benvenuta - Itacorubi, 88035-901, Florianópolis - SC, Brasil. http://orcid.org/0000-0002-9101-5800

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312914242019003

Palavras-chave:

Sociedades primitivas, Sociedades modernas, Carmen Miranda, Cinema

Resumo

Este trabalho debate e relaciona três cenas referentes aos três primeiros filmes de Carmen Miranda nos Estados Unidos, Serenata Tropical (Down Argentine Way, 1940), Uma noite no Rio (That Night in Rio, 1941) e Aconteceu em Havana (Week-End in Havana, 1941). O objetivo é discutir como os cenários das cenas escolhidas dialogam entre si, estabelecendo na narrativa cinematográfica uma forte dualidade entre moderno e civilizado versus atrasado, agrário e selvagem, como representações das relações entre Estados Unidos e América Latina no contexto da Política da Boa Vizinhança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Káritha Bernardo de Macedo, Instituto Federal de Santa Catarina – Campus Gaspar, R. Adriano Kormann, 456, Bela Vista, 89110-971 Gaspar - SC; Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Artes, 1907, Av. Me. Benvenuta - Itacorubi, 88035-901, Florianópolis - SC, Brasil.

Possui graduação em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007), graduação em Moda pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2011), mestrado em História pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2014) com bolsa CAPES, doutoranda em Artes Visuais, Linha Ensino de Arte pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Professora do Instituto Federal de Santa Catarina- IFSC, campus Gaspar, na área de vestuário desde 2015, coordenadora do Curso Superior de Tecnologia em Design de Moda dessa instituição em 2017. Membro do Grupo de Pesquisa Núcleo de Pesquisa em Moda e Tecnologia, do(a) Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina; e do Grupo de Pesquisa Moda e Sociedade da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Mara Rúbia Sant´Anna, Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Artes, 1907, Av. Me. Benvenuta - Itacorubi, 88035-901, Florianópolis - SC, Brasil.

Possui graduação em História Licenciatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (1990), mestrado em História pela Universidade Federal de Santa Catarina (1996) e doutorado em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005). Realizou estágio de doutoramento na École des Hautes Études en Sciences Sociales (2003) sob a direção de Monique de Saint-Martin, Pós- Doutoramento na Universidade de Strasbourg (2011), sob a supervisão de Benoit e George Bischoff e concluiu recentemente Pós-Doutoramento na Universidade Federal do Rio de Janeiro/PPGAV sob a supervisão de Maria Cristina Volpi . É líder do grupo de pesquisa "Moda, Artes, Ensino e Sociedade" e coordenadora de atividades de Extensão. Atualmente é professor efetiva da Universidade do Estado de Santa Catarina e membro do Programa de Pós-graduação em Artes Visuais da mesma instituição. Também é professor associado da Equipe dAcueil 3400 "ARCHE", filiada à Universidade de Strasbourg (FR). Concentra suas pesquisa na área de História da Cultura e Ensino Superior, atuando principalmente nos seguintes temas: aparência, moda, estudos da imagem relacionados ao consumo e ao ensino, a formação em artes e Victor Meirelles.

 

Referências

AUMONT, Jacques; MARIE, Michel. A análise do filme. 2. ed. Lisboa: Edições Texto e Grafia, 2009.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 1998.

DELEUZE, Gilles; GUATARRI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1997. v. 5.

DERRIDA, Jacques. Margens da filosofia. Campinas: Papirus, 1991.

FREIRE-MEDEIROS, Bianca. Hollywood Musicals and the Invention of Rio de Janeiro, 1933-1953. Cinema Journal, [s.l.], v. 41, n. 4, p. 52-67, Summer 2002.

GUATTARI, Félix. Caosmose: um novo paradigma estético. 5. ed. São Paulo: Ed. 34, 2008.

HUESCA, Robert. The mexican oil expropriation and the ensuing propaganda war. Texas papers on Latin America, Austin, n. 88-04, p. 1-32, 1988. Disponível em: http://lanic.utexas.edu/project/etext/llilas/tpla/8804.pdf. Acesso em: 11 nov. 2019.

JOLY, Martine. Introdução à análise da imagem. Lisboa: Ed. 70, 2007.

MACEDO, Káritha Bernardo de. O “Office of the Coordinator of Inter-American Affairs” entra em cena: novas abordagens para uma Política de Boa Vizinhança. In: ENCONTRO NACIONAL DE HISTÓRIA DA MÍDIA, 9., 2013, Ouro Preto. Anais [...]. Ouro Preto: Universidade Federal de Ouro Preto, 2013. Disponível em: http://www.ufrgs.br/alcar/encontros-nacionais-1/9o-encontro-2013/artigos/gt-historia-da-midia-audiovisual-e-visual/o-201coffice-of-the-coordinator-of-inter-american-affairs201d-entra-em-cena-novas-abordagens-para-uma-politica-de-boa-vizinhanca?. Acesso em: 11 nov. 2019.

MAURER, Noel. The empire struck back: the mexican oil expropriation of 1938 reconsidered. Harvard Business School, [s.l.], n. 10-108, June 2010. Disponível em: https://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=1620043. Acesso em: 11 nov. 2019.

MELGOSA, Adrián Pérez. Cinema and inter-american relations: tracking transnational affect. New York: Routledge, 2012.

MENDONÇA, Ana Rita. Carmen Miranda foi a Washington. Rio de Janeiro: Record, 1999.

MENEGUELLO, Cristina. A poeira de estrelas: o cinema hollywoodiano na mídia brasileira das décadas de 40 e 50. 1992. Dissertação (Mestrado em História Social do Trabalho) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1992. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/jspui/bitstream/REPOSIP/281493/1/Meneguello_Cristina_M.pdf. Acesso em: 29 out. 2019.

MENESES, Ulpiano T. Bezerra de. Fontes visuais, cultura visual, História visual: balanço provisório, propostas cautelares. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 23, n. 45, p. 11-36, 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbh/v23n45/16519.pdf.

MOISÉS, Massaud. Dicionário de termos literários. 12. ed. São Paulo: Cultrix, 2004.

SHOHAT, Ella; STAM, Robert. Crítica da imagem eurocêntrica: multiculturismo e representação. São Paulo: Cosac & Naify 2006.

VARGAS, João Tristan. Hayden White, a ironia e os historiadores. História Social, Campinas, n. 3, p. 37-50, 1996. Disponível em: https://www.ifch.unicamp.br/ojs/index.php/rhs/article/view/86. Acesso: 29 out. 2019.

WOOD, Bryce. The making of the good neighbor policy. New York: W.W. Norton Company Inc., 1967.

FILMOGRAFIA

ACONTECEU em Havana (Week-end in Havana). Direção: Walter Lang. Produção: William Le Baron. EUA: Twentieth Century Fox, 1941. 1 DVD (81 min), son., color.

SERENATA tropical (Down Argentine way). Direção: Irving Cummings. Produção: Darryl F. Zanuck. EUA: Twentieth Century Fox, 1940. 1 DVD (88 min), son., color.

UMA NOITE no Rio. (That night in Rio). Direção: Irving Cummings. Produção: Fred Kohlmar. EUA: Twentieth Century Fox, 1941. 1 DVD (90 min), son., color.

Publicado

2019-12-02

Como Citar

MACEDO, K. B. de; SANT´ANNA, M. R. O primitivo flerta com o moderno: encontros amorosos nos filmes de Carmen Miranda no contexto da Boa Vizinhança. DAPesquisa, Florianópolis, v. 14, n. 24, p. 003-024, 2019. DOI: 10.5965/1808312914242019003. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/1808312914242019003. Acesso em: 3 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos