A Poética do Conflito na obra para dois pianos En Blanc et Noir de Claude Debussy

Autores

  • Menan Medeiros Duwe Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Guilherme Sauerbronn de Barros Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312906082011516

Palavras-chave:

Debussy, En Blanc et Noir, Poética, Conflito, Primeira Guerra

Resumo

Essa artigo propõe uma avaliação das referências poéticas apresentadas pelo compositor francês Claude Debussy em sua obra para dois pianos composta em 1915, En Blanc et Noir, profundamente influenciada pela Primeira Guerra Mundial. A partir do artigo de Jonathan Dunsby: “The Poetry of Debussy’s En blanc et noir”, propomos a interpretação das referências, relacionando informações extramusicais, em três tipos de conflitos, um para cada movimento, circundando o nacionalismo que passa a ser afirmado com força ainda maior após o início da guerra. Para isso, investigaremos cartas trocadas na época que abordem o assunto junto com informações levantadas sobre o compositor, e proporemos relações com elementos da obra em questão, tanto no diz respeito ao seu conteúdo musical quanto ao textual que o compositor agrega a partitura de sua música. Isso mostrará a importância de uma abordagem desse tipo para sua compreensão, o que pode reforçar e embasar a construção de uma interpretação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-25

Como Citar

DUWE, M. M.; BARROS, G. S. de. A Poética do Conflito na obra para dois pianos En Blanc et Noir de Claude Debussy. DAPesquisa, Florianópolis, v. 6, n. 8, p. 516-536, 2018. DOI: 10.5965/1808312906082011516. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/14032. Acesso em: 31 jul. 2021.

Edição

Seção

Música