A formação do professor frente à Educação Inclusiva de pessoas com deficiência

Autores

  • Silas Moura Repolho
  • Crislaidy Oliveira Pereira
  • Raquel Muniz dos Santos Palheta

Palavras-chave:

Inclusão, Deficiência, Políticas Públicas, Formação Continuada,

Resumo

Este trabalho tem como objetivo refletir sobre possíveis soluções diante dos medos, anseios e obstáculos enfrentados pelos professores frente à inclusão de pessoas com deficiência na rede regular de ensino. Parte-se de uma breve fundamentação teórica sobre a investigação de estratégias que o educador pode utilizar em sua formação a fim de tornar-se um profissional qualificado para atender as expectativas de aprendizagem de pessoas com deficiência. No âmbito da educação inclusiva o professor se encontra na tensão e angústia do saber teórico e prático diante da inclusão de alunos deficientes, pois a pessoa com deficiência tem habilidades e limitações as quais uma formação continuada leva o docente a ter outro olhar diante de tal inquietação. Os resultados apontam para a necessidade da implementação de políticas públicas promovendo a formação continuada para o profissional da educação levando–o a compreender a importância do conhecimento a ser adquirido e promover um ensino digno e igualitário, possibilitando ao educando habilidades e competências, respeitando seus limites individuais. 

Referências

AINSCOW, M. "Educação para todos: torná-la uma realidade". In Caminhos para escolas inclusivas. Lisboa, Ministério da Educação, 1997.

AMARAL, Marciliana Baptista; BARBOSA, Rita Petronilho; JESUS, Sônia Cupertino de; PENNA, Guilherme Aparecido; TALMAS, Elismara Vaz. Breve histórico da educação inclusiva e algumas políticas de inclusão: Um olhar para as escolas em juiz de fora. Revita eletrônica Faculdade Metodista GRAMBERY. nº16, Jan/Jul 2014.

ARAÚJO, Luis Alberto David. A proteção constitucional das pessoas portadoras de deficiência. Brasília: Secretaria Especial dos Direitos Humanos – Corde, 2003. (Série Legislação em Direitos Humanos, n. 3).

BARBOSA, Amanda Magalhães. ZACARIAS, Jaqueline da Cruz; MEDEIROS, Kesia Natália; NOGUEIRA, Ruth Kesia Silva. O Papel Do Professor Frente À Inclusão De Crianças Com Autismo. XI Congresso Nacional de Educação-EDUCERE- PUC PR. 2013.

BARRETO, Maria Aparecida Santos Corrêa. A formação do professor na perspectiva inclusiva: Diálogos entre educação especial e a educação do campo. (F.T.S.- aluna da 1ª. Turma do Curso de Pedagogia da Terra- Paulo Freire-2000.

BARRETTA, Emanuele Moura; CANA, Silvia Regina. Políticas Públicas De Educação Inclusiva: Avanços e Recuos e Partir dos Documentos Legais. IX AMPED SUL, 2012.

BERTUOL, Claci De Lima. Salas De Recursos E Salas de Recursos Multifuncionais: Apoios Especializados à Inclusão Escolar de Alunos com Deficiência/Necessidades Educacionais Especiais No Município De Cascavel-PR. UNIOESTE- Cascavél. 2010.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB (Lei n.o 9394/96). 20 de dezembro de 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial.Política de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília: MEC/SEESP, 2008.

CAPELLINI, Vera Lúcia Messias Fialho; MENDES, Enicéia Gonçalves. História da Educação Especial: em busca de um espaço na história da educação brasileira. UNESP/Bauru.1995.

CASTRO, Raimundo Márcio Mota de. O Professor e Sua Formação Diante Da Educação Inclusiva. UNIUBE/EST.2008.

DINIZ, D.; MEDEIROS, M. A nova maneira de se entender a deficiência e o envelhecimento. Brasília, DF: IPEA, 2004 (Texto para discussão 1040).

DUEK, Viviane Preichardt. Professores Diante Da Inclusão: Superando Desafios. Londrina, 29 a 31 de outubro de 2007 – ISBN 978-85-99643-11-2.

FREIRE, Carlos Alberto MARQUES. Uma leitura da inclusão a partir do pensamentode Paulo Freire, Inter-Ação: Rev. Fac. Educ. UFG, 31 (2): 219-229, jul./dez. 2006

FREITAS, Neli Klix. Políticas Públicas e Inclusão: Análise e Perspectivas Educacionais. Jornal de Políticas Educacionais. N° 7 | JANEIRO–JUNHO DE 2010 | PP. 25–34.

FREITAS, Neli Klix. Políticas Públicas Em Educação Inclusiva: Espaços E Desafios Para Aprendizagem. IX Congresso Nacional de Educação-EDUCERE- PUC PR. 2009.

GARCIA, Rosalba Maria Cardoso. Políticas públicas de inclusão: uma análise no campo da educação especial brasileira. UFSC- Florianópolis. 2004.

GOFFMAN, E. Estigma – Notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. 4. ed. Rio de Janeiro: LTC, 1988.

JANUZZI, Gilberta de Martinho. A educação do deficiente no Brasil: dos primórdios ao início do século XXI. Campinas. Autores Associados, 2004. Coleção Educação Contemporânea.

MANZINI, Eduardo José; SANTOS, Maria Carmem Fidalgo. Portal de ajudas técnicas para educação: equipamento e material pedagógico especial para a educação, capacitação e recreação da pessoa com deficiência física – recursos pedagógicos adaptados. Fascículo 1. Brasília: SEESP, 2002.

MARCHESI, Álvaro. Da linguagem da deficiência às escolas inclusivas. In: COLL, César; MARCHESI, Álvaro; PALACIOS, Jesús; (Orgs.). Desenvolvimento psicológico e educação. Trad. Fátima Murad, Porto Alegre : Artmed, 2004.

MATISKEI, Angelina Carmela Romão Mattar. Políticas públicas de inclusão educacional: Desafios e perspectivas. Editora UFPR. n. 23, p. 185-202. 2004.

MATHIS, Armin. Inclusão, exclusão e cidadania como desafio para a política em regiões de modernidade periférica. Novos Cadernos NAEA, [S.l.], v. 10, n. 1, dez. 2008.

MITTLER, P. Working towards inclusion education: social contexts. London, David Fulton Publishers Ltd., 2000.

MAZZOTTA, Marcos José da Silveira. Educação Especial no Brasil: histórias e políticas públicas. São Paulo: Cortez, 1996.

ROPOLI, Edilene Aparecida et al. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: a escola comum inclusiva. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial. Universidade Federal do Ceará, 2010.

PLETSCH, Márcia Denise. A formação de professores para a educação inclusiva: legislação, diretrizes políticas e resultados de pesquisas. Educar, Curitiba, n. 33, p. 143-156, 2009.

ROMERO, Rosana Aparecida Silva; SOUZA, Sirleine Brandão de. Educação Inclusiva: Alguns marcos históricos que produziram a educação atual. 2008.

SARTORETTO, Mara Lúcia; BERSCH, Rita de Cássia Reckziegel. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: Recursos pedagógicos acessíveis e comunicação aumentativa e alternativa. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial. Universidade Federal do Ceará, 2010.

SILVA, Ana Paula Mesquita da; ARRUDA, Aparecida Luvizotto Medina Martins O Papel do Professor Diante da Inclusão Escolar. Revista Eletrônica Saberes da Educação – Volume 5 – nº 1 – 2014.

TOLEDO, Elizabete Humai de; MARTINS, João Batista. A Atuação Do Professor Diante Do Processo De Inclusão e as Contribuições de Vygotsky. IX Congresso Nacional de Educação-EDUCERE- PUC PR. 2009.

VIEIRA, Givanilda Márcia. Educação Inclusiva No Brasil: Do Contexto Histórico á Contemporaneidade. Pós-graduanda em Educação Inclusiva e Inspeção Escolar FACREDENTOR/ETTAL.

VYGOTSKY, Lev. Obras Escogidas. Fundamentos de defectologia. Madrid: Visor, 1997. Tomo V.

Downloads

Publicado

2018-10-01