Edição Atual

v. 8 n. 1 (2022): Estágio Supervisionado em Artes Visuais: poéticas e pesquisas docentes
					Visualizar v. 8 n. 1 (2022): Estágio Supervisionado em Artes Visuais: poéticas e pesquisas docentes

Fábio Wosniak (UNIFAP)
Tharciana Goulart da Silva (UDESC)
Organizadores do Volume

Durante o percurso formativo nos cursos de Licenciatura em Artes Visuais, os estágios curriculares supervisionados se constituem em momentos onde as primeiras experiências no contexto da prática docente são delineadas. Os estudantes, com apoio do professor da instituição e professor da escola, realizam suas primeiras ações em unidades escolares. Esse exercício, indo além de uma questão prática ou instrumental, é uma possibilidade de desenvolver pesquisas sobre a própria formação, vivenciar modos de estar professor e construir formas de pensar-fazer-pensar sobre a pesquisa nas artes visuais e seu ensino.
O estágio supervisionado constitui-se em um momento em que ação e reflexão andam juntas e atravessam uma rede de apoio criada entre a universidade e a escola. Por meio dessa rede, o estudante de estágio tem a oportunidade de elaborar uma docência que reflita seus objetivos, que se coloque em diálogo com a realidade escolar encontrada e que enfrente os dilemas que envolvem o contexto da prática. No estágio, há a possibilidade de iniciar a construção de uma subjetividade docente, assumindo que esta não é fixa ou objetiva.
Para construção dessa subjetividade, compreendemos que a Licenciatura em Artes Visuais traz em sua especificidade um pensamento poético, e assim, consideramos que é urgente que tal questão atravesse as disciplinas de estágio. Ou seja, é necessário que o olhar poético seja exercitado e não apenas negligenciado na construção docente; e que assim, o estágio possa ser desenvolvido com a potência que cabe a área de Artes Visuais.
A pesquisa pedagógica, em diálogo com o pensamento poético artístico, coloca em questão como proposições de aula podem ser criadas a fim de proporcionar aos estudantes experiências singulares (DEWEY, 2010) sobre a arte e a vida ou modos de perceber como arte e ensino se relacionam. Considerando que este debate é amplo e precisa ser explorado, é que apresentamos o tema Estágio Supervisionado em Artes Visuais: poéticas e pesquisas docentes para este volume da Revista Apotheke. Com esta organização, objetivamos proporcionar uma percepção sobre práticas desenvolvidas por professores/as de universidades, professores/as de escolas e estudantes de Licenciatura; e assim, adensar as diferentes perspectivas atuais que envolvem esta relevante etapa da formação inicial.

https://doi.org/10.5965/24471267812022001

Publicado: 2022-04-30

Edição completa

Expediente

Editorial

Ver Todas as Edições

INDEXADORES

CROSSREF - Agência oficial de Registro da Fundação Internacional DOI, identificador de objeto digital (DOI).
DIADORIM - Diretório de Políticas de Acesso Aberto das Revistas Científicas Brasileiras
DOAJ - Directory of Open Access Journals (Diretório de revistas eletrônicas de acesso aberto)
DRJI - Directory of Research Journal Indexing ( Diretório de indexação de periódicos de pesquisa)
GOOGLE ACADÊMICO - Plataforma de pesquisa de acesso livre
LATINDEX - Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal
LATINREV - Rede Latino-Americana de Revistas Acadêmicas em Ciências Sociais e Humanas
LIVRE - Portal para periódicos de livre acesso na Internet
MIAR - Matriz de Informação para a análise de revistas cientí­ficas
PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES - Ministério da Educação - Brasil
ROAD- Directory of Open Access scholarly Resource. 
SUMÁRIOS - Sumários de Revistas Brasileiras é uma base indexadora de periódicos científicos brasileiros