O contemporâneo: uma leitura através do grafite e da moda

Natália Alves de Toledo, Maria Silvia Barros de Held, Dilara Rúbia Pereira

Resumo


O objetivo deste trabalho é verificar como a arte e a moda representam o cotidiano na contemporaneidade, em especial no que se refere à crítica ao sistema vigente, à representação do instante formador do cotidiano e da apropriação da arte pelo consumo. Artes de Muro, também conhecidas como Grafites, foram escolhidas como fenômeno de observação por ser pública e de fácil acesso àqueles que interagem com o espaço urbano. Embora a Arte de Muro seja uma arte fixa, sua plástica é transportada para suportes móveis através da Moda. O Grafite é uma crítica aos moldes impostos pelo sistema, porém acaba por ser aglutinado e transformado em bens de consumo de alto valor.

Palavras-chave: Contemporaneidade; Grafite; Moda.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais Natália Alves de Toledo, Maria Silvia Barros de Held, Dilara Rúbia Pereira

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png