A Performance é Corpo, a Crise é do Corpo: Entrevistas com Professores do Ensino Emergencial Remoto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573103422021e0112

Resumo

Depois de um longo estudo sobre a abordagem da performance na educação, a pandemia coloca em questão não apenas a realização de uma pesquisa ação na escola, mas também e, fundamentalmente, o próprio tema desta pesquisa. Como pensar a educação através do corpo em pandemia? A entrevista foi o dispositivo criado para o necessário enfrentamento e posicionamento desta pesquisa. O dispositivo performance é corpo, a crise é do corpo, serve para lembrar que o corpo não somente une os mais diversos pontos de vista sobre performance, bem como está no centro da crise que vivemos. Este artigo é fruto da decantação das entrevistas com professores do ensino emergencial remoto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Estela Vale Villegas, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Doutoranda em Artes pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Mestrado em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Bacharelado e Licenciatura em Dança - Universidade Federal de Viçosa.

Referências

BALL, Stephen J. Performatividades e Fabricações na Economia Educacional: rumo a uma sociedade performativa. Educação & Realidade, 35(2): 37-55, 2010. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade. Acesso em: 12 mai. 2021.

BERARDI, Franco “Bifo”. Crónica de la psicodeflación. Editorial ASPO (Aislamiento Social Preventivo y Obligatorio), 35-54., 2020. Disponível em: http://iips.usac.edu.gt/wp-content/uploads/2020/03/Sopa-de-Wuhan-ASPO.pdf. Acesso em: out. 2020.

CARVALHO, José Sérgio Fonseca de. Um Sentido para a Experiência Escolar em Tempos de Pandemia. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 45, n. 4, p.1-13, 2020. Disponível em:

https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/issue/view/4228/showToc. Acesso em: 10 jun. 2021.

CHARCZUK, Simone Bicca. Sustentar a Transferência no Ensino Remoto: docência em tempos de pandemia. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 45, n. 4, p.1-20, 2020. Disponível em:

https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/issue/view/4228/showToc. Acesso em: 10 jun. 2021.

CURY, Carlos Roberto Jamil. Educação escolar e pandemia. Pedagogia em Ação, Belo Horizonte, v.13, n. 1, p.8-16, 2020. Disponível em: https://periodicos.pucminas.br/pedagogiacao/article/view. Acesso em: 10 jun. 2021.

DAWSEY, John Cowart. Schechner, teatro e antropologia. Cadernos de Campo, São Paulo, n. 20, p.3-30, 2011. Disponível em: www.revistas.usp.br/cadernosdecampo/article/view/36806. Acesso em: 09 nov.2020.

DUARTE, André Macedo; CÉSAR, Maria Rita de Assis. Negação da Política e Negacionismo como Política: pandemia e democracia. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 45, n. 4, p. 1-22, 2020. Disponível em:

https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/issue/view/4228/showToc. Acesso em: 10 jun. 2021.

GREINER, Christine. Corpo (o): pistas para estudos indisciplinares. São Paulo: Annablume, 2005.

HERMANN, Nadja. A Aprendizagem da Dor. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 45, n. 4, p.1-12, 2020. Disponível em:

https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/issue/view/4228/showToc. Acesso em: 10 jun. 2021.

ICLE, Gilberto. Para Apresentar a Performance à Educação. Educação & Realidade, 35(2): 11-22, 2010. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade. Acesso em: 12 mai. 2021.

LE BRETON, David. Adeus ao Corpo. Campinas: Papirus, 2003.

MARCOS, Alfredo. Con Covid y Sin Covid: la vulnerabilidad humana. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 45, n. 4, p.1-12, 2020. Disponível em:

https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/issue/view/4228/showToc. Acesso em: 10 jun. 2021.

MORGADO, J. C.; SOUSA, J.; PACHECO, J. A. Transformações educativas em tempos de pandemia: do confinamento social ao isolamento curricular. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 15, p.1-10, 2020. Disponível em: https://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa. Acesso em: 10 jun. 2021.

PEREIRA, Marcelo. Performance e Educação: Relações, significados e contextos de investigação. Belo Horizonte, Educação em Revista, v.28, n.01, 289-312, 2012. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade. Acesso em: 12 mai. 2021.

PINEAU, Elyse Lamm. Critical Performative Pedagogy: Fleshing out the politics of liberation education. In: Nathan Stucky; Cynthia Wimmer (Org.) Teaching Performance Studies. Illinois: Board of Trustees, 2002. 41-53.

PINEAU, Elyse Lamm. Nos Cruzamentos entre a performance e a Pedagogia: uma revisão prospectiva. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Revista Educação e Realidade, 35(2): 89-113, 2010. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade. Acesso em: 12 mai. 2021.

TÜRCKEI, Christoph. Medo e Razão em Tempos de Coronavírus. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 45, n. 4, p. 1-7, 2020. Disponível em:

https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/issue/view/4228/showToc. Acesso em: 10 jun. 2020.

VEIGA-NETO Alfredo. Mais uma Lição: sindemia covídica e educação. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 45, n. 4, p. 1-20, 2020. Disponível em:

https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/issue/view/4228/showToc. Acesso em: 10 jun. 2021.

VILLEGAS, Estela V. Reflexões sobre os Estudos da Performance e Teoria do Fluxo na Educação em Contexto de Pandemia. In: MACEDO, Daniela R. Artes [recurso eletrônico]: propostas e acessos. Ponta Grossa, PR: Atena, 2020, 217 -226.

SCHECHNER, Richard. Performance Studies: An Introduction. New York: Routledge, 2002.

Downloads

Publicado

2021-12-13

Como Citar

VILLEGAS, E. V. A Performance é Corpo, a Crise é do Corpo: Entrevistas com Professores do Ensino Emergencial Remoto. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 3, n. 42, p. 1-32, 2021. DOI: 10.5965/1414573103422021e0112. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/20506. Acesso em: 18 maio. 2022.