Maria Sylvia Nunes: memórias, ensino e práticas teatrais em Belém do Pará

Autores

  • José Denis de Oliveira Bezerra Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Ana Karine Jansen de Amorim Universidade Federal do Para (UFPA)

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102352019430

Resumo

A presente entrevista, realizada com a professora e diretora teatral Maria Sylvia Nunes, é um importante registro sobre as práticas do teatro amador paraense/brasileiro das décadas de 50 e 60 do século XX. Ela fez parte da pesquisa de doutoramento de Denis Bezerra (2016). A entrevista partiu de três eixos: 01 - história de vida (família, formação educacional); 2 - memórias do espaço urbano de Belém (espaços de circulação cultural); 3 - temas diversos sobre teatro paraense (artistas, grupos de teatro, espaços de ensaio e apresentação, dramaturgos, etc.). Suas memórias nos possibilitam perceber como o teatro brasileiro do Norte se organizava e se tornava espaço de fazer, refletir e construir uma sociedade mais humanista.

Biografia do Autor

José Denis de Oliveira Bezerra, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Professor do Instituto de Ciências da Arte/UFPA, lotado na Escola de Teatro e Dança.

Ana Karine Jansen de Amorim, Universidade Federal do Para (UFPA)

Profa. Dra.  Escola de Teatro e Dança do Instituto de Ciências da Arte da Universidade Federal do Pará.

Downloads

Publicado

2019-09-20

Como Citar

Bezerra, J. D. de O., & Amorim, A. K. J. de. (2019). Maria Sylvia Nunes: memórias, ensino e práticas teatrais em Belém do Pará. Urdimento - Revista De Estudos Em Artes Cênicas, 2(35), 430-454. https://doi.org/10.5965/1414573102352019430