O teatro americano numa Revolução: recepção do Teatro Campesino de Luis Valdez em Portugal em 1975

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102352019163

Resumo

As relações entre teatro e política no teatro português após o 25 de Abril de 1974 mudaram de maneira significativa com o fim da censura. Abolidas as dificuldades sentidas pelos artistas no acesso a textos ou autores relevantes para o seu repertório, tornou-se possível desenvolver objectivos discursivos e artísticos por vezes fortemente marcados pelo contexto político. Nesse domínio, nota-se o papel importante de revistas de teatro estrangeiras que proporcionavam contactos com outras dramaturgias fora de Portugal. Foi o caso com a revista francesa Travail Théâtralque, em 1972, tinha publicado um dossiê sobre os actosdo Teatro Campesino de Luis Valdez, de contestação política antiamericana.

Biografia do Autor

Christine Zurbach, Universidade de Évora

Escola de Artes

Departamento de Artes Cénicas

Downloads

Publicado

2019-09-20

Como Citar

Zurbach, C. (2019). O teatro americano numa Revolução: recepção do Teatro Campesino de Luis Valdez em Portugal em 1975. Urdimento - Revista De Estudos Em Artes Cênicas, 2(35), 163-172. https://doi.org/10.5965/1414573102352019163

Edição

Seção

Dossiê Temático - Sobre a Tradução no Teatro: abordagens histórico-culturais