Sobre corpos e excessos: performance e política em Gorduras Saturadas de Miro Spinelli

Autores

  • Manolo Kottwitz Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC http://orcid.org/0000-0002-6774-0025
  • Ana Lúcia Mandelli de Marsillac Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1414573102292017030

Resumo

A arte da performance pode ser considerada, sui generis, um potente motor de problematizações sobre certos paradigmas éticos, estéticos e políticos que envolvem o corpo na atualidade. Este artigo procura analisar de maneira crítica as relações produzidas entre a apresentação da performance Gordura Trans #3 / Gordura Localizada #1 de Miro Spinelli, sua recepção e reverberações nas redes sociais. Sob a luz das filosofias de Baruch de Spinoza, Gilles Deleuze e Jacques Rancière, exercitamos uma leitura das ressonâncias da performance, as quais Spinelli intitula Gorduras Saturadas. Nossa intenção é articular a leitura da obra à maneira como os diferentes discursos da recepção do público evidenciam determinados tipos de experiência e os processos de subjetivação decorrentes do acontecimento.

Biografia do Autor

Manolo Kottwitz, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

Mestrando em Psicologia com ênfase em Práticas Culturais e Processos de Subjetivação - Relações Éticas, Estéticas e Processos de Criação pela Universidade Federal de Santa Catarina, Bacharel em Artes Cênicas - Performance, pela Faculdade de Artes da Universidade Estadual do Paraná, Especialista em Artes Híbridas com ênfase em Fundamentos e Crítica das Artes pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Membro do grupo de pesquisa Psicanálise, Processos Criativos e Interações Políticas e do Núcleo de Pesquisa em Práticas Sociais, Relações Éticas, Estéticas e Processos de Criação.

Ana Lúcia Mandelli de Marsillac, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

Psicóloga, Psicanalista, Professora Adjunta C I do Departamento de psicologia da Universidade Federal de Santa Catarina. Profesora do PPG em Psicologia UFSC (Área 2: Práticas culturais e Processos de subjetivação, Linha 1: Relações éticas, estéticas e processos de criação) , Professora/Tutora do Programa de Residência Integrada Multiprofissional em Saúde HU/UFSC. Lider do Grupo de Pesquisa: Psicanálise, Processos criativos e Interações Políticas - LAPCIP/UFSC. Integrante do GT ANPEPP: Psicanálise, política e cultura. Pesquisadora das temáticas: corpo, arte, política, psicanálise e saúde coletiva. Vinculada à projetos de extensão atrelados aos temas: saúde, psicose, psicanálise e ato criativo. Membro da Associação Psicanalítica de Porto Alegre (APPOA).

Downloads

Publicado

2017-11-02

Como Citar

KOTTWITZ, M.; MANDELLI DE MARSILLAC, A. L. Sobre corpos e excessos: performance e política em Gorduras Saturadas de Miro Spinelli. Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas, Florianópolis, v. 2, n. 29, p. 030-043, 2017. DOI: 10.5965/1414573102292017030. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/urdimento/article/view/1414573102292017030. Acesso em: 5 ago. 2021.

Edição

Seção

Fluxo Continuo