Reformas curriculares na educação básica sob três perspectivas: BNCC, mediações estaduais e experiências de ensino de música em escolas públicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2525530406012021e0026

Palavras-chave:

ensino de música, educação básica, BNCC

Resumo

Este trabalho tem como finalidade discutir sobre as dificuldades dos professores de Música da Educação Básica diante das proposições de ensino presentes na Base Nacional Comum Curricular - BNCC (BRASIL, 2018). Iniciamos as argumentações do trabalho por uma análise crítica da BNCC, com enfoque nos direcionamentos e conteúdos da área de Arte, na qual a Música está integrada. Em seguida, propomos uma breve análise de como as instituições estaduais efetuam as mediações da base comum para contextos regionais específicos, a partir do Referencial Curricular Paranaense - RCP (PARANÁ, 2018). Por fim, apresentamos algumas possibilidades para lidar com as proposições curriculares em âmbito nacional (BNCC) e estadual (RCP) no ambiente escolar. Para isso, tomamos como base experiências de ensino e aprendizagem em Música oriundas de atividades de estágio obrigatório, que foram aplicadas em colégios públicos londrinenses em turmas dos anos finais do segundo ciclo do Ensino Fundamental. Por meio das análises e argumentações estabelecidas no decorrer do trabalho, esperamos contribuir para discussões futuras e ao desenvolvimento de novas estratégias de ensino, levando em consideração parâmetros curriculares que dialoguem com a realidade da escola pública e de seus professores e alunos, bem como da comunidade que as integra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sérgio Inácio Torres, Universidade Estadual Paulista UNESP

Pianista e professor. Doutorando em Música (UNESP-IA), Mestre em Música (UFPR, 2011), Especialista em Arte-Educação (IBPEX, 2010) e Graduado em Música - Instrumento Piano (EMBAP, 2007) e em Teologia (CESUMAR, 2015).

Ronaldo Aparecido de Matos, Universidade Estadual de Londrina

Mestre em Etnomusicologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp, Campus São Paulo, 2016). Graduado em Licenciatura em Música pela Universidade Estadual de Londrina (UEL, 2011). Tem experiência como professor de música na educação básica, em ONGs, projetos socioculturais, serviços de convivência e fortalecimento de vínculo e escolas de música. Atualmente é docente do curso de Graduação em Música (Licenciatura) da UEL, na área de educação musical. Participa como professor colaborador do Projeto de Pesquisa e Extensão Arte na Escola, que desenvolve ações de formação complementar para professores de Arte da rede pública. Atua nas áreas de educação musical e etnomusicologia, principalmente nos seguintes temas: culturas tradicionais em contexto urbano; processos de musicalização na educação básica pautados na prática coletiva; formação complementar.

Referências

BORTOLUCCI, Ana Beatriz Forte; VALENZOLA, Juliana; COLETTI, Carla Maria Nicola. O ensino da arte na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Revista Eletrônica da Educação, v. 3, n. 1, p. 100-113, 2020.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, Senado, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituicao.htm. Acesso em: 20 fev. 2021.

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. Brasília: MEC, promulgado em 13 de julho de 1990.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei no 9.394, Brasília: 20 de dezembro de 1996.

BRASIL. Plano Nacional de Educação. Lei no 13.005, Brasília: 25 de junho de 2014.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Consulta Pública. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME. 2015. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/documento/BNCC-APRESENTACAO.pdf. Acesso em: 20 de fev. de 2021.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Proposta preliminar. 2a versão revisada. Brasília: MEC, abril de 2016.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. BNCC em Planilha. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: basenacionalcomum.mec.gov.br. Acesso em: 30 jan. 2021.

COOPER, D. R.; SCHINDLER, P. S. Métodos de pesquisa em Administração. Porto Alegre: Bookman, 2003.

DOURADO, Luiz Fernandes; SIQUEIRA, Romilson Martins. A arte do disfarce: BNCC como gestão e regulação do currículo. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação-Periódico científico editado pela ANPAE, v. 35, n. 2, p. 291, 2019.

FRANÇA, Cecília Cavalieri. BNCC e educação musical: muito barulho por nada? Música na Educação Básica, v. 10, n. 12, 2020.

FRANZIM, Thiago Silva. Rádio na Escola. Relatório de Estágio Curricular Obrigatório. Curso de Licenciatura em Música. Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2019.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GONTIJO, Cláudia Maria Mendes. Base nacional Comum Curricular (BNCC): comentários críticos. Revista Brasileira de Alfabetização, n. 2, 2015.

LOPES, Antonio José. BNCC: um cavalo de Tróia e/ou um tiro no pé da Educação Matemática. Anais do XII Encontro Nacional de Educação Matemática, Universidade Cruzeiro do Sul - UNICSUL, São Paulo, 2016.

LOUREIRO, Helena Ester Munari Nicolau. Metodologia de grupos multisseriais de estágio e construção da competência profissional do educador musical na licenciatura. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2006.

MACEDO, Elizabeth. Base Nacional Comum para currículos: direitos de aprendizagem e desenvolvimento para quem? Educação & Sociedade, v. 36, n. 133, p. 891-908, 2015.

MARKONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de Pesquisa: Planejamento e Execução de Pesquisas, Amostragens e Técnicas de Pesquisas, Elaboração, Análise e Interpretação de Textos. 5 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

MORENO, Jean Carlos. História na Base Nacional Comum Curricular: déjà vu e novos dilemas no século XXI. História & Ensino, v. 22, n. 1, p. 07-27, 2016.

NEIRA, Marcos Garcia. Incoerências e inconsistências da BNCC de Educação Física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 40, n. 3, p. 215-223, 2018.

PARANÁ. Referencial Curricular do Paraná: princípios, direitos e orientações. Curitiba, SEED, 2018. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/bncc/2018/referencial_curricular_parana_cee.pdf. Acesso em: 20 abr. 2020.

PARANÁ.CREP - Currículo da Rede Estadual Paranaense. Curitiba, SEED, 2019a. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=1669. Acesso em: 20 fev. 2021.

PARANÁ. Arte - Currículo da Rede Estadual Paranaense. Curitiba, SEED, 2019b. Disponível em: http://www.educadores.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/crep_2020/arte_curriculo_rede_estadual_paranaense_20_01_2020__graf.pdf. Acesso em: 20 fev. 2021.

PARANÁ. Registro Curricular Online - RCO. Tutorial do Docente. Curitiba, SEED, 2019c. Disponível em: http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/modules/video/showVideo.php?video=18731. Acesso em: 20 fev. 2021.

PARANÁ. Escola Digital Professor, 2021. Currículo da Rede Estadual Paranaense (CREP). Disponível em: http://www.escoladigital.professor.pr.gov.br/crep. Acesso em 20 mar. 2021.

PIMENTEL, Lucia Gouvêa; MAGALHÃES, Ana Del Tabor Vasconcelos. Docência em Arte no contexto da BNCC: É preciso reinventar o ensino/aprendizagem em Arte? Revista GEARTE, v. 5, n. 2, 2018.

ROMANELLI, Guilherme Gabriel Ballande. Falando sobre a arte na base nacional comum curricular–BNCC–um ponto de vista da educação musical. Linguagens-Revista de Letras, Artes e Comunicação, v. 10, n. 3, p. 476-490, 2016.

SONSIN, Isabella Tais; SANCHES, Leonardo Araújo; MATOS, Ronaldo Aparecido de. Aulas de música no ensino médio: a composição como metodologia de ensino. XXIV Congresso da Associação Brasileira de Educação Musical - Educação Musical em tempos de crise: percepções, impactos e enfrentamentos. Campo Grande/MS, 2019.

SOUZA, Maria Irene Pellegrino de; CACIONE, Cleusa Erilene dos Santos. In: Curso de formação de professores de Arte - BNCC. Telêmaco Borba, 2018.

Downloads

Publicado

2021-10-21

Como Citar

TORRES, S. I.; MATOS, R. A. de. Reformas curriculares na educação básica sob três perspectivas: BNCC, mediações estaduais e experiências de ensino de música em escolas públicas. Orfeu, Florianópolis, v. 6, n. 1, 2021. DOI: 10.5965/2525530406012021e0026. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/20183. Acesso em: 8 fev. 2023.