Moda sustentável na educação básica: um estudo bibliográfico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630732023e3266

Palavras-chave:

sustentabilidade, consumo, meio ambiente, educação básica

Resumo

O estudo apresenta uma análise da produção acadêmica referente às abordagens relacionadas à moda sustentável direcionadas à Educação Básica. Garcia; Miranda e Costa (2022) defendem que temáticas associadas a sustentabilidade e a moda devem estar presentes na sala de aula. Os autores trazem à tona a possibilidade em se levantar importantes questionamentos acerca do consumo e da consciência social ao se levar esses assuntos para o ambiente escolar. Partindo da relevância em se abordar essa temática para a formação dos estudantes, a ideia está em fazer um levantamento frente ao Banco de Teses e Dissertações da Capes (BTDC) e nos principais periódicos da área de educação a fim de evidenciar como isto vem sendo abordado em propostas direcionadas a Educação Básica. Definimos como recorte temporal os trabalhos publicados nos últimos dez anos. Nesse sentido levantamos alguns questionamentos que nortearam nosso estudo: Como a temática moda sustentável vem sendo tratada nas pesquisas acadêmicas? O número de estudos dedicados a essas discussões têm se mostrado relevante frente à sua importância? E por fim, de que maneira propostas de inserção dessa temática vêm sendo implementadas a nível da educação básica?  No que diz respeito aos aspectos metodológicos, o estudo se caracteriza como uma pesquisa qualitativa de caráter bibliográfico. Após a realização da pesquisa podemos notar que existe um número relevante de estudos que abordam a temática moda sustentável, porém poucos direcionados ao contexto escolar de forma específica, o que denota a urgência em se realizar mais estudos nesse nível de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alisson Giacomelli, Universidade de Passo Fundo

Professor adjunto do Curso de Física na Universidade de Passo Fundo, RS. Participa do Grupo de Astronomia da UPF, desenvolvendo atividades de extensão na comunidade e nas escolas da região e integra o Grupo de pesquisa associado a Educação Científica e Tecnológica. Graduado em Física (UPF- 2012), Especialista em Física (UPF- 2014), Mestre em Ensino de Ciências e Matemática (UPF - 2016) e doutor em Educação (UPF - 2020).

Patrícia Boeira Ferretto , Universidade de Passo Fundo

Especialista em Linguagens e Tecnologias da Educação pelo Instituto Federal Sul-Rio-Grandense - IFSUL Passo Fundo (2022). Graduação em Curso Superior de Tecnologia de Design de Moda pela Universidade de Passo Fundo - UPF (2021). Atualmente cursando Licenciatura em Artes Visuais na Universidade de Passo Fundo - UPF. Tem experiência em educação inclusiva com atuação junto à Escolas de Educação Básica e na Universidade de Passo Fundo.

Referências

BOGDAN, R. C; BIKLEN, S. K. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994. 16 p.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP nº 14, de 6 de junho de 2012. Institui as Diretrizes Curriculares para a Educação Ambiental. 2012. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/maio-2012-pdf/10955-pcp014-12/file#:~:text=Constitui%20objeto%20deste%20Parecer%20estabelecer,como%20refer%C3%AAncia%20as%20Diretrizes%20Curriculares. Acesso em: 07 set. 2022.

BRASIL. Política Nacional de Educação Ambiental, Lei 9795.1999. Disponível em: https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;jsessionid=50EE32BD99AF52EB7D5DB8E7E03AE765.node1?codteor=634068&filename=LegislacaoCitada+-PL+4692/2009#:~:text=Art.,de%20vida%20e%20sua%20sustentabilidade. Acesso em: 07 set. 2022.

BRASIL. Leis de diretrizes e bases da educação nacional. Lei nº 9.394. 1996. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/lei9394_ldbn1.pdf. Acesso em: 07 set. 2022.

CHIARETTI, Daniela. Indústria da moda polui mais que navios e aviões. Revista Valor Econômico. Nairóbi, 2019. Disponível em: <https://valor.globo.com/empresas/coluna/industria-da-moda-polui-mais-que-navios-e-avioes-1.ghtml>. Acesso em: 19 mar. 2022.

GARCIA L. A; MIRANDA A. P; COSTA R. X. Sustentabilidade e Moda no Ensino das Artes Visuais. Arte e ensino em espaços plurais, Campinas, v. 42, n. 116, p.28-40, jan./abr.2022.

PEDROZO, A. J.; ALVES T. R.; GIL C. I. Educação ambiental nas aulas de geografia: o tema consumo consciente no ensino médio de uma escola pública estadual de Adamantina/SP. Revista de Ensino de Geografia, Uberlândia, v. 3, n. 4, p. 38-54, jan./jun. 2012.

LIPOVETSKY, Gilles. O império do efêmero. São Paulo: Cia das Letras, 1987.

LIPOVETSKY, Gilles; SERROY, Jean. A estetização do mundo: viver na era do capitalismo artista. SP: Companhia das Letras, 2013.

MILLER, G. Tyler; SPOOLMAN, Scott E. Ecologia e Sustentabilidade. Tradução da 6ª edição norte-americana. Editora Cengage Learning, 2012.

MORAES, R.; GALIAZZI, M. C. Análise textual discursiva. 3 ed. Rio Grande do Sul: Unijui, 2011.

SILVA, Rossano; FIOR, Neide. Cultura visual, moda e ensino de arte: desenvolvimento da compreensão crítica de estudantes do 9º ano do ensino fundamental em uma escola da rede estadual de Campo Largo. 2020. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2020.

Downloads

Publicado

2023-09-13

Como Citar

GIACOMELLI, Alisson; BOEIRA FERRETTO , Patrícia. Moda sustentável na educação básica: um estudo bibliográfico . Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 7, n. 3, p. 1–14, 2023. DOI: 10.5965/25944630732023e3266. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/23266. Acesso em: 29 fev. 2024.