Vocação regional e design: artes manuais da Região do Médio Vale do Itajaí

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312914232019049

Palavras-chave:

Artesanato - Brasil, Artesões - Brasil, Vocação regional

Resumo

Apresenta um estudo bibliográfico e de campo acerca da temática sobre a vocação regional e o design, com foco nas artes manuais da região do Médio Vale do Itajaí. Mostra a realidade inserida no processo criativo utilizado por artesãos da região citada. Objetiva analisar a dinâmica do desenvolvimento dos produtos artesanais e dos trabalhos manuais produzidos em cidades do Médio Vale do Itajaí, a fim de identificar a existência ou a ausência do processo criativo de design no desenvolvimento dos produtos. O interesse por esta temática se deu pelo intuito de buscar estudos aprofundados sobre referências regionais no Brasil, visando a realização de uma ação investigativa na área de vocações regionais, ainda incipientes. Como resultado, pôde-se observar a ausência do processo criativo de design no desenvolvimento dos produtos desses profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Pianizzer, Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI

Bacharel em Design de Moda (UNIVALI)

Luciane Ropelatto, Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI

Mestre em Design  (UFSC), Especialista em Marketing e Criação de Moda (IBMODA), professora atual do curso de Design de Moda (UNIVALI).

Referências

AMBROSE, Gavin; HARRIS, Paul. Design Thinking: s.m. ação ou prática de pensar o design. Porto Alegre: Bookman, 2011.

BRAGA, João; NUNES, Mônica. Reflexões sobre moda. 3. ed. rev. São Paulo: Anhembi Morumbi, 2006. 4 v.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria de Comércio e Serviços. Portaria n° 29, de 05 de outubro de 2010. Torna pública a base conceitual do artesanato brasileiro para padronizar e estabelecer os parâmetros de atuação do Programa do Artesanato Brasileiro - PAB em todo o território nacional. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, n. 192, p. 100-102, 06 out. 2010. Disponível em: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=06/10/2010&jornal=1&pagina=100&totalArquivos=152. Acesso em: 15 jul. 2019.

BRASIL. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa. Portaria n° 1.007-sei, de 11 de junho de 2018. Institui o Programa do Artesanato Brasileiro, cria a Comissão Nacional do Artesanato e dispõe sobre a base conceitual do artesanato brasileiro. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, n. 147, p. 34. 01 ago. 2018.

Disponível em: http://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/34932949/do1-2018-08-01-portaria-n-1-007-sei-de-11-de-junho-de-2018-34932930. Acesso em: 22.07.2019

DE CARLI, Ana Mery Sehbe et al. Design e artesanato: novidade e tradição, um diálogo possível. Revista Design, Inovação e Gestão Estratégica, Caxias do Sul, v. 2, n. 2, p. 430-444, 2011.

FLORIT, Luciano Félix. A natureza do político e a política na natureza: notas sobre as implicações políticas da construção social da natureza e das chamadas vocações regionais. Cadernos IPPUR/UFRJ, 2009. No prelo.

IBGE. Perfil dos estados e dos municípios brasileiros: cultura: 2014. Rio de janeiro: IBGE, 2015. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv95013.pdf. Acesso em: 15 jul. 2019.

IBGE. Atlas do censo demográfico 2010. Rio de Janeiro: IBGE, 2013a. Disponível em: https://censo2010.ibge.gov.br/apps/atlas/. Acesso em: 15 jul. 2019.

IBGE. Sistema de informações e indicadores culturais: 2007-2010. Rio de Janeiro, IBGE: 2013b. (Estudos e pesquisas: informação demográfica e socioeconômica, n. 31).

KRUCKEN, Lia. Design e território: valorização de identidades e produtos locais. São Paulo: Studio Nobel, 2009.

MOZOTA, Brigitte Borja de; KLÖPSCH, Cássia; COSTA, Filipe Campelo Xavier da. Gestão do design: usando o design para construir valor de marca e inovação corporativa. Porto Alegre: Bookman, 2011.

MOURA, Mônica. O contemporâneo no Design brasileiro: reflexão sobre objetos. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE DESEÑO, 1., 2012, Córdoba. Anais [...]. Córdoba: CIDI, 2012. p. 1-6. Disponível em: https://www.academia.edu/4577176/O_Contempor%C3%A2neo_no_Design_Brasileiro. Acesso em: 15 jul. 2019.

POTTER, Norman. What is a designer?: things, places, messages. London: Hyphen Press. 1980.

SILVA, Emanuelle Kelly Ribeiro da. Quando a cultura entra na moda: mercantilização do artesanato e suas repercussões no cotidiano de bordadeiras de Maranguape. Fortaleza: Edições UFC, 2011.

SOUZA, Kássia; QUEIROZ, Cyntia. Moda, design e artesanato. In: COLÓQUIO DE MODA, 11., 2015, Curitiba. Anais [...]. Curitiba: ABEPEM, 2015. p. 1-8. Disponível em: http://www.coloquiomoda.com.br/anais/anais/11-Coloquio deModa_2015/COMUNICACAO-ORAL/CO-EIXO3-CULTURA/CO-3-MODA-DESIGN-E-ARTESANATO.pdf. Acesso em: 15 jul. 2019.

WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Livraria Pioneira, 1967.

Downloads

Publicado

2019-08-05

Como Citar

PIANIZZER, C.; ROPELATTO, L. Vocação regional e design: artes manuais da Região do Médio Vale do Itajaí. DAPesquisa, Florianópolis, v. 14, n. 23, p. 049-065, 2019. DOI: 10.5965/1808312914232019049. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/1808312914232019049. Acesso em: 24 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)