A Dimensão multissemiótica do Jogo teatral:

a experiência de elaboração de uma peça radiofônica com Afásicas e Afásicos

Autores

  • Juliana Pablos Calligaris Instituto de Artes - IA/UNICAMP

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312915252020e0021

Palavras-chave:

Teatro - Semiótica, Afásicos, Linguagem corporal na arte, Performance (Arte)

Resumo

Este estudo expõe um dos resultados de uma pesquisa sobre significação verbal e não verbal desenvolvida através da prática teatral desenvolvida no meu mestrado, baseada na observação da relação entre linguagem, corpo e cognição com pessoas afásicas. Investigo a coocorrência multimodal de semioses (fala, gesto, expressão corporal, olhar, etc.) com afásicas e afásicos, através das interações de diferentes, ainda que compartilhados, processos semióticos, ativos na construção de significados, para descrever e analisar o papel da atividade artística performativa na (re)organização de possibilidades comunicativas e expressivas de indivíduos afásicos no mundo e com seus pares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Pablos Calligaris, Instituto de Artes - IA/UNICAMP

Atriz, professora e pesquisadora teatral desde 1991. Também atua como diretora, orientadora e dramaturga. É doutoranda em Artes da Cena pela UNICAMP. Bacharelado em Artes Cênicas pela UNICAMP. Cursou Licenciatura em Filosofia pela UNICAMP. Mestra em Linguística, Teatro e Semiótica pela Unicamp. Foi jurada dos PROAC´s: Território das Artes (2015), Circulação de Espetáculo Teatral (2016) e Território das Artes (2017) como representante do FLIGSP – Fórum de Cultura e Políticas Públicas em Cultura do Litoral, Interior e Grande São Paulo. Foi orientadora do Programa de Qualificação em Artes da Secretaria de Estado da Cultura/SP em 2006, 2007, 2008 e 2016. Foi artista­orientadora do Programa Vocacional da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo em 2012. Dirige o espetáculo infantil “Ana Luz” de Drika Vieira e Carlinhos Rodrigues da Cia da Casa Amarela, de Catanduva. Atua em “Mármores” com texto de direção de Paloma Dourado com Cia de Teatro Estrada, de Indaiatuba. Com a Cia Apocalíptica de São José do Rio Preto, codirige e orienta a montagem de “Revolução dos Bichos”, adaptação infanto-juvenil da obra de George Orwell. Com a Cia Lázara, de Amparo, atua em “Toda Nude será Castigada”, adaptação da obra de Nelson Rodrigues. Com a Cia Aurora de Americana, dirige “O Decreto de um Pequeno Rei ou Para Fugir das Tristeza, espetáculo infantil. Leciona História do Teatro e Indumentária, Caracterização, Cenário e Maquiagem na Escola de Artes Augusto Boal, de Hortolândia. Leciona o curso “O Teatro e a Estrutura da Consciência – Cultura de Paz”, sobre teatro e protagonismo juvenil no projeto Oficinas Socioculturais de Santa Bárbara D`oeste. Com a Cia Tupinambá de Sumaré/Elias Fausto, atua no infantil “Os Contos da Fada Azul”.Pela Cia Trilhas da Arte, sua companhia, de Campinas, dirige o infanto-juvenil com temática indígena “O Pequeno Senhor do Tempo”, de Raphael Júdice e atua em “Janelas para Uma Mulher”, com roteiro de Juliana Calligaris e direção de Letícia Olivares. Contadora de Histórias com a contação “As Histórias de Guacira – A Menina-Pássaro”, histórias indígenas recolhidas por Câmara Cascudo.

Referências

CALLIGARIS, J. P. A Dimensão Multissemiótica do Jogo Teatral: a Experiência de Elaboração de uma Peça Radiofônica no Programa de Expressão Teatral do Centro de Convivência de Afásicos (CCA - IEL/UNICAMP) . 2016. Dissertação (Mestrado em Lingiística ) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/270633. Acesso em 31 jul. 2020.

FABIÃO, E. Performance e teatro: poéticas e políticas da cena contemporânea. Sala Preta, São Paulo, n. 8, p. 235-246, 2008. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/salapreta/article/view/5 7373/60355. Acesso em 31 jul. 2020.

GROTOWSKI, J. Prefácio. In: RICHARDS, T. Trabalhar com Grotowski sobre as Ações Físicas. São Paulo: Ed. Perspectiva, 2012. p.11-13.

KOUDELA, I. D. Brecht: um jogo de aprendizagem. São Paulo: Perspectiva, 1991.

NORRIS, S. Analyzing Multimodal Interaction: a methodological framework. Londres : Routledge, 2004. p. 74. E-book. DOI: https://doi.org/10.4324/9780203379493

NORRIS, S. Multiparty interaction: a multimodal perspective on relevance. Discourse Studies, v. 8, n. 3, p.401-421, jun. 2006. DOI: https://doi.org/10.1177/1461445606061878. Disponível em: encurtador.com.br/eowBT. Acesso em: 31 jul. 2020.

SALLES, C. A. Crítica Genética: fundamentos dos estudos genéticos sobre o processo de criação artística. São Paulo: Educ, 2008.

SALOMÃO, M. A questão da construção do sentido e a revisão da agenda dos estudos da linguagem. In: Veredas: Revista de Estudos Linguísticos, Juiz de Fora , v. 3, n. 1, p. 61-79, jan./jun. 1999. Disponível em: https://www.ufjf.br/revistaveredas/files/2009/12/artigo35.pdf. Acesso em 31 jul. 2020.

STANISLAVSKI, C. A Preparação do Ator. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1964.

TONEZZI, J. Cena e Contágio: o caso da Companhia de Arte Intrusa. In: Revista O Percevejo online, Rio de janeiro, v. 3, n. 2., 2011. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/opercevejoon line/article/view/1922. Acesso em: 31 jul. 2020.

TONEZZI, J. Distúrbios de Linguagem e Teatro: o afásico em cena. São Paulo: Editora Plexus, 2007.

Publicado

2020-10-20

Como Citar

CALLIGARIS, J. P. A Dimensão multissemiótica do Jogo teatral: : a experiência de elaboração de uma peça radiofônica com Afásicas e Afásicos. DAPesquisa, Florianópolis, v. 15, n. esp., p. 01-24, 2020. DOI: 10.5965/1808312915252020e0021. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/17959. Acesso em: 18 jun. 2021.