O aquém na montanha, um recorte sobre o olhar paisagístico na América Latina

Autores

  • Rachel Reis de Araújo UDESC

Palavras-chave:

América Latina, Pintura, Paisagem, Montanha

Resumo

Este artigo consiste numa reflexão inicial para pensar a forma montanha e seus sentidos na pintura latino-americana tendo por base teórica Aby Warburg e Georges Didi-Huberman. Do primeiro autor advém o conceito de pathosformel e do segundo a relação entre as esculturas minimalistas e o recalque da percepção acerca do vazio tumular. A partir daí, trata-se de considerar as figurações pictóricas da montanha menos através da dimensão do sublime, tal como no caso das paisagens européias, ou do pitoresco, tal como no caso dos viajantes no Novo Mundo, e mais como o vazio que se coloca diante do imenso monte de terra e pedras que um dia tudo cobrirá.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-11-26

Como Citar

REIS DE ARAÚJO, R. O aquém na montanha, um recorte sobre o olhar paisagístico na América Latina. DAPesquisa, Florianópolis, v. 2, n. 4, p. 263-280, 2019. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/16591. Acesso em: 30 jul. 2021.

Edição

Seção

Artes Visuais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)