Transformações na poética da linguagem no teatro de animação

Autores

  • Valmor Beltrame Udesc

DOI:

https://doi.org/10.5965/10.5965/1808312902042007118

Palavras-chave:

teatro de animação, poética teatral, linguagem cênica

Resumo

Este estudo é resultado parcial da pesquisa em andamento que estabelece como objetivo conhecer as principais transformações ocorridas no modo de criar os espetáculos de teatro de animação no sul do Brasil nos últimos anos. A pesquisa concentrou as análises nas formas predominantes com que se praticava esta arte na região na primeira metade do século XX, identificando os procedimentos que perduram e os que foram abandonados, com ênfase no trabalho do titeriteiro solista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CANCLINI, Nestor Garcia. Culturas Híbridas. São Paulo: Edusp, 1997.

DAL' BÓ, Juventino. Burattini: a tradição italiana no RS. In Continente Sul/Sur – Revista do Instituto Estadual do Livro. Porto Alegre: IEL, N. S. 1997.

EMMEL, Inna. O Hohnsteinerkasper em Pomedore (SC). In Móin-Móin N. 03 – Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas. Jaraguá do Sul: SCAR/UDESC, 2007.

FERREIRA, Tais. Historietas para boi não dormir – Reflexões e (re)visão histórica acerca da produção teatral para crianças em Porto Alegre. Porto Alegre. Secretaria Municipal de Cultura. Acervo do 1º Concurso Nacional de Monografias – Prêmio Gerd – Bornheim, 2006.

Downloads

Publicado

2019-11-26

Como Citar

BELTRAME, V. Transformações na poética da linguagem no teatro de animação. DAPesquisa, Florianópolis, v. 2, n. 4, p. 118-122, 2019. DOI: 10.5965/10.5965/1808312902042007118. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/16086. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

Artes Cênicas