Banco de dados para o teatro em comunidades: a agitação e propaganda e as práticas teatrais no MST

Autores

  • Márcia Pompeo Nogueira UDESC
  • Guilherme Rótulo UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312903052008973

Palavras-chave:

Teatro em Comunidade, Agitação e Propaganda, Grupos auto-ativos, MST.

Resumo

A presente pesquisa tem por objetivo aprofundar as informações no Banco de Dados sobre Teatro em Comunidades em relação à prática teatral desenvolvida no MST. O foco do trabalho está na análise da forma com que os grupos teatrais do movimento trazem seus assuntos à cena. Para tal, relatamos os trabalhos teatrais que assistimos na 1ª Jornada Cultural do MST de Santa Catarina. Como referencial de análise, apresentamos os métodos auto-ativos e o teatro de agitação e propaganda, nos moldes como foram propostos no início da Revolução Russa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-08-14

Como Citar

POMPEO NOGUEIRA, M.; RÓTULO, G. Banco de dados para o teatro em comunidades: a agitação e propaganda e as práticas teatrais no MST. DAPesquisa, Florianópolis, v. 3, n. 5, p. 973-982, 2019. DOI: 10.5965/1808312903052008973. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/15640. Acesso em: 26 jul. 2021.

Edição

Seção

Artes Cênicas