Constantin Stanislavski e o estúdio de ópera do Teatro Bolshoi: percursos e pensamentos sobre ópera

Autores

  • Rosane Faraco Santolin Udesc

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312907092012037

Palavras-chave:

ópera, Stanislavski, cantor-ator, Teatro Bolshoi

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar o percurso do renomado ator e diretor de teatro Constantin Stanislavski em suas atividades operístico-musicais e, de forma especial, o Estúdio de Ópera que ele dirigiu a partir de 1918. Stanislavski teve um envolvimento com ópera e musicais desde a infância, como espectador, e posteriormente como cantor-ator amador, diretor do Conservatório Musical de Moscou e diretor do Estúdio de Ópera do Teatro Bolshoi. O mestre russo levou para o campo da ópera as suas pesquisas e seu “sistema” de atuação, fazendo com que os cantores desenvolvessem suas aptidões como atores e buscassem uma maior interação entre os elementos da cena, da voz e da música. Seu treinamento no Estúdio de Ópera culminou em diversas apresentações e montagens de óperas, apresentadas no espaço do Estúdio e no Teatro de Arte de Moscou.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-23

Como Citar

SANTOLIN, R. F. Constantin Stanislavski e o estúdio de ópera do Teatro Bolshoi: percursos e pensamentos sobre ópera. DAPesquisa, Florianópolis, v. 7, n. 9, p. 037-050, 2018. DOI: 10.5965/1808312907092012037. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/13944. Acesso em: 23 set. 2021.

Edição

Seção

Artes Cênicas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)