Tech? Pop? Tudo? Debatendo agrotóxicos, química e saúde em uma ação de extensão inclusiva

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/25946412070220233

Palavras-chave:

acessibilidade, inclusão, ensino de química, surdos, cegos

Resumo

O presente trabalho apresenta uma ação de extensão envolvendo o tema dos agrotóxicos. Este tema vem sendo bastante desenvolvido, tanto em atividades de ensino, como de extensão. Contudo, o diferencial da ação aqui relatada é que ela foi toda planejada para ser acessível para as comunidades surda e cega, trabalhando de forma dialógica e com criticidade (conforme Paulo Freire) o modelo de desenvolvimento agropecuário brasileiro, especialmente o uso intensivo de agrotóxicos. A partir do documentário “Nuvens de Veneno”, foram criados materiais acessíveis: janela de Libras no documentário; estruturas químicas dos princípios ativos impressas em 3D e em alto relevo com inscrições em Braille e audiodescritas; e um folheto impresso e audiodescrito, contextualizando os problemas causados ao meio ambiente, à saúde humana e animal. Todo este material foi utilizado durante a atividade na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. A ação foi realizada tanto num estande durante o evento, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, como no território de uma escola estadual, durante as aulas de química de seis turmas do Ensino Médio. Durante os dois dias de exposição no estande, a atividade gerou interesse de um público variado, desde crianças do ensino fundamental, professores - que levaram suas turmas - bem como de um grupo de estudantes surdos. No território da escola, a atividade movimentou as turmas de maneira contundente, trabalhando a química dos agrotóxicos, a preocupação social e ambiental, incluindo alunos refugiados, com deficiência intelectual, autismo e transtornos cognitivos e intelectuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Volcan Almeida, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professor dos Programas de Pós-graduação em Ensino de Química e de Bioquímica (IQ - UFRJ). Membro do Grupo Interinstitucional e Interdisciplinar de Estudos em Epistemologia.

Cristiana de Barcellos Passinato, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professora do Estado do Rio de Janeiro, Mestre em Ensino de Química (PEQui - IQ - UFRJ), Doutoranda em Química Biológica na área de concentração Educação, Difusão e Gestão em Biociências (IBqM - UFRJ). Membro do Grupo Interinstitucional e Interdisciplinar de Estudos em Epistemologia.

Juliana Christina Castanheira Vicente Pereira, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Engenheira Química, Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Bioquímica (IQ - UFRJ)

Gabriela Coelho Brêda, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutora pelo Programa de Pós-graduação em Bioquímica, Pós-doc no Grupo de Biocatálise e Síntese Orgânica.

Stephanie Cardoso Graña Fantinatti, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Licenciada em Química e Doutoranda pelo Programa de Pós-graduação em Química (IQ - UFRJ).

Selene Alves Maia, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professora do Departamento de Matemática (IM - UFRJ).

Ricardo Cunha Michel, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professor do Departamento de Química Analítica (IQ-UFRJ).

Referências

ALTHUSSER, L. Filosofia e filosofia espontânea dos cientistas. Biblioteca de Ciências Humanas, Lisboa: Presença, 1976.

AMARAL, R. B. Vídeo na Sala de Aula de Matemática: que possibilidades? Educação Matemática em Revista, Brasília, v. 18, n. 40, p. 38–47, 2013.

BORBA, M. C.; OECHSLER, V. Tecnologias da Educação: o uso de vídeos em sala de aula. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, Ponta Grossa, v.11, n. 2, p. 391-423, 2018.

BRASIL. Lei Nº 7.802 de 11 de julho de 1989. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 12 jul. 1989. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l7802.htm. Acesso em: 09 janeiro 2023.

CARNEIRO, F. F.; RIGOTTO, R. M.; AUGUSTO, L. G. S.; FRIEDRICH, K.; BÚRIGO, A. C. (Orgs.). Dossiê ABRASCO: um alerta sobre os impactos dos agrotóxicos na saúde. Rio de Janeiro: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio. São Paulo: Expressão Popular, 2015. 614 p.

CONFEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO BRASIL, CENTRO DE ESTUDOS AVANÇADOS EM ECONOMIA APLICADA – ESALQ/USP. PIB do Agronegócio. Relatório. 10 de março de 2021. Disponível em: https://www.cnabrasil.org.br/assets/arquivos/boletins/sut.pib_dez_2020.9mar2021.pdf. Acesso em: 09 janeiro 2023.

DOS SANTOS, A. D. G.; DA SILVA, D. V.; MACIEL, K. N. A campanha publicitária Agro é tech, agro é pop, agro é tudo, da Rede Globo de Televisão, como difusora da propaganda sobre o agronegócio no Brasil. Revista Eptic, v. 21, n.1, p. 46-61, 2019.

Fórum de pró-reitores de extensão das instituições públicas de educação superior brasileiras (FORPROEX). Política Nacional de Extensão Universitária. Porto Alegre:UFRGS/Pró-Reitoria de Extensão, 2012.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 63 ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2017.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. 14 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.

GOTARDI, O. L. N; PIRES, D. X. Abordagem do tema agrotóxico na formação de professores no contexto do ensino de ciências: uma revisão sistemática de literatura. Ensino &Pesquisa, v.19, n.1, p. 06-24, 2021.

MITSURINI, A.; FERNANDES, C. S. A temática dos agrotóxicos: uma análise em livros didáticos de química do ensino médio aprovados no plano nacional do livro didático de 2015. Acta Scientiae, v. 20, n.1, p. 130-152, 2018.

REUTERS. Participação do agronegócio no PIB é a maior em 13 anos, estima CNA. 2017. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/participacao-do-agronegocio-no-pib-e-a-maior-em-13-anos-estima-cna.ghtml. Acesso em: 09 janeiro 2023.

RIBEIRO, D. C. A.; PASSOS, C. G.; SALGADO, T. D. M. A temática ambiental agrotóxicos no ensino de ciências da educação básica: uma revisão bibliográfica. Revista da Sociedade Brasileira de Ensino de Química, v. 02, n. 1, e022102, 2021.

VASCONCELOS, Y (2018) Agrotóxicos na berlinda. Revista FAPESP, ed 271. Disponível em: https://revistapesquisa.fapesp.br/agrotoxicos-na-berlinda/. Acesso em: 09 janeiro 2023.

Downloads

Publicado

2024-02-19

Como Citar

ALMEIDA, Rodrigo Volcan; PASSINATO, Cristiana de Barcellos; PEREIRA, Juliana Christina Castanheira Vicente; BRÊDA, Gabriela Coelho; FANTINATTI, Stephanie Cardoso Graña; MAIA, Selene Alves; MICHEL, Ricardo Cunha. Tech? Pop? Tudo? Debatendo agrotóxicos, química e saúde em uma ação de extensão inclusiva. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, v. 7, n. 2, 2024. DOI: 10.5965/25946412070220233. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/23129. Acesso em: 24 maio. 2024.