Giro Cultural: conhecendo o nosso patrimônio

Autores

  • Max Dutra de Brito Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri
  • Dra. Fernanda

Palavras-chave:

Palavras chave: Projeto de Extensão. História. Patrimônio. Diamantina.

Resumo

O município de Diamantina/MG recebeu, em 1999, o título de Patrimônio Cultural da Humanidade devido à sua riqueza histórica, cultural e natural. A cidade surgiu a partir do descobrimento das jazidas minerais pelos bandeirantes e, mesmo após o declínio da mineração do diamante, manteve-se com o apuro de uma vida social refinada por bons costumes advindos pelo gosto ao teatro, pela arte, também expressos na arquitetura e na música. Além da sua diversidade cultural existe ainda uma exuberância natural que se espalha pela região através dos rios, cachoeiras, grutas e fontes de águas termais. E nesse contexto, está inserida a Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri-UFVJM, criada inicialmente por Juscelino Kubitschek com a Faculdade de Odontologia de Diamantina-FAOD. Sendo assim, devido ao fato de uma significativa parcela dos alunos ingressantes não residir no município, percebeu-se a necessidade de apresentar a cidade e sua história, através de uma visita guiada, oportunizando o conhecimento e, consequentemente, o respeito a esse patrimônio cultural e natural. Nesse sentido, o presente trabalho tem a finalidade de proporcionar ao aluno ingressante na Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri-UFVJM, em Diamantina/MG, o conhecimento sobre a história e o patrimônio da cidade através de um tour cultural no centro histórico, por meio de um projeto de extensão em parceria com a pró-reitoria. A forma metodológica decorre da revisão de literatura e documental sobre patrimônio, educação patrimonial e temas afins, como também de uma pesquisa quali-quantitativa através da aplicação de um questionário semiaberto com o objetivo de acompanhar a evolução com relação à participação e interesse dos alunos e de compreender a satisfação e a efetividade do projeto.  Dessa forma, o estudo sugere a necessidade de apresentar o projeto de extensão “Giro cultural: conhecendo o nosso patrimônio” através da história de Diamantina e do conhecimento de seus principais atrativos turísticos, bem como a infraestrutura da cidade no que se refere aos hospitais, postos de saúde, serviços públicos dentre outros que possam ser de necessidade e interesse do aluno, além de promover a integração da comunidade estudantil e dos calouros aliando ações de acolhimento e socialização. Por fim, percebe-se a efetividade da ação, tendo em vista o resultado positivo das avaliações quanto à iniciativa da proposta e a satisfação dos participantes pelo conhecimento adquirido através do tour cultural.

Palavras chave: Projeto de Extensão. História. Patrimônio. Diamantina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

REFERÊNCIAS

BICALHO, S. O; TEIXEIRA, T. C. Patrimônio Histórico e Cultural: O Circuito dos Diamantes na Estrada Real. In: ESPELT, N. G. (coord.). Itinerários culturais: a experiência do Caminho dos Diamantes. Girona: Documenta Universitária, 2010.

CONCEIÇÃO, W. Associação Comercial e Industrial de Diamantina – 70 anos de história. Diamantina: ACID, 2004.

CONCEIÇÃO, W; FERNANDES, A. C. Caminhos do Desenvolvimento. Síntese Histórica da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri: 1953-2005. Diamantina: UFVJM, 2005.

CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO DA UFVJM. Resolução Nº. 26 - CONSEPE, de 19 de outubro de 2012. FORPROEX - FÓRUM DE PRÓ- REITORES DAS INSTITUIÇÕES PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO SUPERIOR BRASILEIRAS. Política Nacional de Extensão Universitária. Manaus, 2012.

CURSOS. e Faculdades da UFVJM Campus de Diamantina. Portal UFVJM. Disponível em: http://www.ufvjm.edu.br/cursos. Acesso em: 30 maio 2022.

FERNANDES, A. C. Códigos, casimiras e confissões. Urbanização e vida cotidiana em Diamantina no final do século XIX. Belo Horizonte: UFMG, 2002.

MAGNANI, M. C. A. O; FERREIRA, M. L. S. Historiografia oral nas trilhas da Estrada Real. In: ESPELT, N. G. (coord.). Itinerários culturais: a experiência do Caminho dos Diamantes. Girona: Documenta Universitária, 2010.

PATRIMÔNIO. Mundial da Humanidade. Portal UNESCO. Disponível em: https://whc.unesco.org/fr/list/890/. Acesso em: 20 de maio de 2022.

POPULAÇÃO. e cidades. Portal IBGE. Disponivel em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/mg/diamantina/panorama. Acesso em: 18 maio 2022.

Regimento Interno da Faculdade de Odontologia de Diamantina. Decreto nº 4.196 de 18 de março de 1954. Belo Horizonte: Imprensa Oficial, 1955.

Downloads

Publicado

2022-07-01

Como Citar

DUTRA DE BRITO, M.; DE ALENCAR MACHADO ALBUQUERQUE, F. Giro Cultural: conhecendo o nosso patrimônio. Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, v. 6, n. 1, p. 27-41, 2022. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/cidadaniaemacao/article/view/22258. Acesso em: 1 dez. 2022.