A EXPERIÊNCIA COMO PROCESSO DE CRIAÇÃO NAS AULAS DE ARTES VISUAIS

Autores

  • Thais Amaral Universidade Presbiteriana Mackenzie

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267212016202

Palavras-chave:

Exepriência , Criatividade, Cor, Composição, Processo

Resumo

Este artigo enfatiza a importância da experiência artística durante o processo de criação para trabalhos visuais. Apresenta o processo criativo dos meus alunos do 7º ano do Ensino Fundamental de um colégio em São Bernardo do Campo, São Paulo, durante as aulas de artes em 2015.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CSIKSZENTMIHALYI, Mihaly. Creativity: the psychology of discovery and invention. New York: Harper Perennial Modern Classics, 2013.

DEWEY, J.; BOYDSTON, J. (Org.); SIMON, H. (Ed.); KAPLAN, A. (Intr.). Arte como experiência.Tradução Vera Ribeiro. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

OSTROWER, Fayga. Criatividade e processos de criação.25. ed. Petrópolis: Vozes, 2010.

PEDROSA, Israel. Dacor à cor inexistente. 10. ed. 1. reimpr. Rio de Janeiro: SENAC Nacional, 2010.

SALLES, Cecília Almeida. Redes da criação: construção da obra de arte. São Paulo: Horizonte, 2006.

STRICKLAND, Carol. Arte comentada: da pré-história ao pós-moderno. Tradução: Angela Lobo de Andrade. Rio de Janeiro: Ediouro, 2002.

Downloads

Publicado

2022-04-25

Como Citar

AMARAL, T. A EXPERIÊNCIA COMO PROCESSO DE CRIAÇÃO NAS AULAS DE ARTES VISUAIS. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 2, n. 1, 2022. DOI: 10.5965/24471267212016202. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/7445. Acesso em: 26 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos Seção temática