O estágio supervisionado em artes visuais como campo de pesquisa na formação docente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267812022086

Palavras-chave:

Estágio supervisionado, Artes visuais, Formação docente

Resumo

Essa escrita pretende ampliar as possibilidades de entendimento do estágio supervisionado, para além do momento da prática docente, percebendo-o como campo de pesquisa na formação docente e poética artística. A escrita revisa a literatura sobre estágio supervisionado em artes visuais em Oliveira (2013), Oliveira e Lampert (2010), e, Pimenta e Lima (2005/2006). Assim, analisa o papel do estágio curricular nos cursos de licenciatura, assim como, visa contribuir na construção da identidade docente, na formação de pesquisadores e professores-artistas, pois entende o estágio supervisionado como lugar de prática docente, pesquisa e poética artística.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jessica Maria Freisleben, Universidade Federal de Santa Maria

Doutoranda em Educação (PPGE/UFSM). Mestra em Educação (PPGE/UFSM. Especialista em Arte na Educação (UNOESTE). Especialista em Artes (UFPel). Integra o Grupo de Pesquisa MIRARTE. E-mail: jessicafreisleben@hotmail.com Lattes: https://wwws.cnpq.br/cvlattesweb/PKG_MENU.menu?f_cod=146CC95F0C380405C63EF86F66D36CFF# Orcid: https://orcid.org/0000-0003-3581-3979

Lutiere Dalla Valle, Universidade Federal de Santa Maria

Doutor em Artes Visuais e Educação pela Universitat de Barcelona, Espanha. Professor Associado na Universidade Federal de Santa Maria. Atua na formação de Professores (Cursos de Pedagogia e Artes Visuais).

Referências

GARCIA, C. M. Desenvolvimento profissional: passado e futuro. Sísifo Revista das Ciências da Educação, n. 8, p. 7-22, jan./abr. 2009.

OLIVEIRA, M. de O. O que pode um diário de aula? In R. Martins, & I. Tourinho (Orgs.), Processos e práticas de pesquisa em cultura visual e educação. Santa Maria: Editora UFSM. p. 225-236, 2013.

OLIVEIRA, M. de O.; LAMPERT, J. Artes Visuais e o Campo de Estágio Curricular. Revista Nupeart, Santa Catarina, v. 8, p. 78-93, 2010.

PIMENTA, S.G; LIMA, M.S.L. Estágio e docência: diferentes concepções. Poiésis, Rio de Janeiro, v.3, p. 5-24, 2005/2006.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. G. C. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2011. (Coleção Docência em Formação).

TEUBER, M. Relações entre Ensino, Práticas Artísticas e Pesquisas: Princípios Didáticos para a Formação do Professor de Artes Visuais. Tese (Doutorado em Educação) - Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2016.

VASCONCELLOS, S. T. Entre (dobras) lugares da pesquisa na formação de professores de artes visuais e as contribuições da pesquisa baseada em arte na educação. Tese (Doutorado em Educação) – Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2015.

Downloads

Publicado

2022-04-30

Como Citar

FREISLEBEN, J. M.; VALLE, L. D. . O estágio supervisionado em artes visuais como campo de pesquisa na formação docente. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 8, n. 1, p. 086-095, 2022. DOI: 10.5965/24471267812022086. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/21733. Acesso em: 30 nov. 2022.