A superstição da cor preta

Autores

  • Mário de Andrade

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267712021225

Resumo

Mário de Andrade

In: Boletim Luso-Africano. Rio de Janeiro, dezembro de 1938. Texto extraído de: Mostra do Redescobrimento: Negro de Corpo e Alma. Nelson Aguilar (org.). Fundação Bienal de são Paulo. São Paulo. Associação Brasil 500 Anos Artes Visuais, 2000, p. 388-389.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-06-06

Como Citar

ANDRADE, M. de. A superstição da cor preta. Revista Apotheke, Florianópolis, v. 7, n. 1, 2022. DOI: 10.5965/24471267712021225. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/apotheke/article/view/20350. Acesso em: 7 jul. 2022.