O teatro visual como teatro performativo

Wagner Cintra

Resumo


Um dos fenômenos que marcaram o teatro no início do século XX foi a aproximação com as artes plásticas. Tal fenômeno repercute até os dias atuais por meios de inúmeras manifestações artísticas que buscam constantemente o desenvolvimento de linguagens cada vez mais renovadoras. O Teatro Visual, por sua vez, surge como uma linguagem teatral marcada pelo hibridismo que atua na interface do teatro com as artes visuais e coloca em cena diversos elementos conjugados no mesmo nível de existência poética: marionetes, objetos, atores, etc. Em tal contexto, este trabalho pretende dar voz a uma linguagem teatral cujos conceitos estão em desenvolvimento, a qual ainda é um território desconhecido, sobremodo no Brasil. Este artigo apresenta uma visão geral desse universo enfatizando a presença humana em cena.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1414573102322018461


Indexadores


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br - Tel. 3664.8353

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.