The Hot one Hundred Choreographers: a tênue fronteira de memeplexos

Marcos Bragato

Resumo


A aptidão Memética de The Hot one Hundred Choreographers, de Cristian Duarte, encontra-se na postura da tênue fronteira entre o que se pode evocar e o que se pode acrescentar nas 100 unidades artísticas enformadas historicamente e constituintes de conjuntos de memeplexos, os conjuntos de unidades culturais, em dança. A aptidão memética de Hot100 reside na capacidade de realizar um jantar comensal de conjuntos meméticos “rivais” em uma dança-lista. Ela se dá semanticamente por meio de engenhosa replicação sintática, e informa que se pode superar a revisita. Retornar a essa maquinaria memética pertence a outro conjunto de memes: os da apropriação dos arquivos, os da ressignificação de conjuntos de memes em dança e o engendrar de novas instruções a partir de ideias comumente aceitas. Por isso, os memes mais comuns são comuns porque são bons replicadores, trabalham em vantagem própria e não do corpo que os expressam

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1414573102292017059


Indexadores


 

 

         

Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br - Tel. 3664.8353

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.