Design e Filosofia: Formação de um grupo de estudo como prática pedagógica

Carlos Alberto Barbosa

Resumo


Este artigo apresenta o relato de uma experiência de formação do Grupo de Estudo Design e Filosofia, constituído por alunas do curso de bacharelado em Design de Moda da Universidade Anhembi Morumbi. A formação desse grupo, e a proposta de projeto derivada de suas discussões, permitiu ainda uma reflexão acerca da importância da formação cultural dos alunos de cursos superiores, e como um olhar para o horizonte de práticas interdisciplinares e transdisciplinar permite reestabelecer a relação entre o objeto de estudo e a reflexão. Durante o ano em que foi possível acompanhar o desenvolvimento dessa experiência pedagógica, foi notado que as alunas de fato assumiram a posição de protagonistas diante das demandas de leituras e sugestões de projetos, o que instigou a busca de conteúdos e de soluções para problemas envolvendo diferentes especialidades do design, notadamente o design de moda e o design digital.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Theodor W. Educação e emancipação. São Paulo: Paz e Terra, 1995.

ADORNO, Theodor. Minima moralia. São Paulo: Ática, 1992.

ANDRADE, Carlos Drummond de. O avesso das coisas – aforismos. Rio de Janeiro: Record, 1987.

BAUER, Martin; AARTS, Bas. A construção do corpus de pesquisa. In: BAUER, Martin W.; GASKELL, George (eds). Pesquisa qualitative com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2002, p.39-63.

CIPINIUK, Alberto. Forma. In: COELHO, Luiz Antonio L (org.). Conceitos-chave em design. Rio de Janeiro: Editora PUC-Rio; Novas Ideias, 2008, p. 191-195.

COMTE-SPONVILLE, André. Pequeno tratado das grandes virtudes. São Paulo, Martins Fontes, 1997.

GUSDORF, Georges. Professores para que?: para uma pedagogia da pedagogia. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

JAPIASSU, Hilton. O sonho transdisciplinar: e as razões da filosofia. Rio de Janeiro: Imago, 2006.

KEPES, György. A função no design moderno. In: BIERUT, J.H. et al. (orgs). Textos clássicos do design gráfico. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010, p.104-111.

LIPOVETSKY, Gilles. O império do efêmero: a moda e seu destino nas sociedades modernas. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

MALDONADO, Tomás. Design industrial. Lisboa: Edições 70, 1999.

MARCOVITCH, Jacques. A universidade impossível. São Paulo: Futura, 1998.

PAPANEK, Victor. Arquitectura e design. Ecologia e ética. Lisboa: edições 70, 2014.

PLATÃO. Fedro. Lisboa: Guimarães, 1994.

_____. A República. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1993.

SVENDSEN, Lars. Moda: uma filosofia. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

VELHO, Silvia. Universidade-empresa: desvelando mitos. Campinas: Autores Associados, 1996 (coleção educação contemporânea)

VILLAÇA, Flávio. Reflexões sobre as cidades brasileiras. São Paulo: Studio Nobel, 2012.

YIN, Robert K. Pesquisa qualitativa do início ao fim. Porto Alegre: Penso, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.5965/25944630212018077

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Carlos Alberto Barbosa

Indexadores, diretórios e bases de dados

      

Endereço: Lab. Moda e Sociedade - sala 51 | Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001. 

Email: modaesociedade@gmail.com

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Esta revista é um projeto interinstitucional entre os programas de pós graduação em artes, design e consumo da PPGAV/UDESC, ICA/UFC, PPGD/UFPE e PGCDS/UFRPE, com apoio da Diretoria de Ensino da Abepem.