Ensino de Semiótica aplicada através da Aprendizagem Baseada em Projetos (PjBL): uma proposta metodológica

Lucia Teresinha Peixe Maziero

Resumo


Este artigo discute a aprendizagem baseada em projetos – PjBL (Project-Based Learning), que se desenvolve sob o processo de obtenção de um produto final, a qual foi utilizada como metodologia norteadora da disciplina de semiótica aplicada no curso de Design de Moda. Apresentam-se aqui as ações de ensino por meio de aprendizagem ativa que levaram os estudantes à formulação do problema de pesquisa, às análises e resultados, e a escrita de um artigo com potencial de publicação científica. Como objeto de estudo para a pesquisa foram analisadas publicidades de joias, veiculadas em revista de moda, analisadas por meio de duas vertentes semióticas: Peirce e Greimas.


Texto completo:

PDF

Referências


BELBIN. Belbin Team Roles. Disponível em: . Acesso em: 15 fev. 2017.

BEHRENS, M. A. O paradigma emergente e a prática pedagógica. 5. ed. Petrópolis: Vozes. 2011.

BROCKBANK, A., MCGILL, I., BEECH, N. Reflective Learning in Pratice. 2002. Disponível em: Acesso em 14 dez. 2015.

CARACIOLA, C. B. Semiótica aplicada à publicidade de luxo da marca Louis Vuitton. Disponível em: . Acesso em: 10 de mar. 2017.

CREARE. Oficinas de Metodologias Ativa. Curso de Formação Docente. Curitiba: PUCPR, 2015.

FELDER, R. M.; BRENT, R. Active learning: an introduction. ASQ Higher Education Brief. 2009. Disponível em: Acesso em 14 dez. 2015.

HAMDAN, N. et al. A review of flipped learning. 2013. Disponível em: Acesso em 14 dez. 2015.

KOPP, V. et al. Self-Regulated Learning with Case-Based Worked Examples: Effects of Errors. Evaluation & Research in Education, v22 n2-4 p107-119. 2009. Disponível em: < http://eric.ed.gov/?id=EJ870883> Acesso em 14 dez. 2015.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Metodologia científica. 6. ed., rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 2011.

LOU, S. et al. Construction of a Creative Instructional Design Model Using Blended, Project-Based Learning for College Students. Creative Education Vol.3, No.7, 1281-1290. 2012. Disponível em: Acesso em 14 dez. 2015.

MAZUR, E. Peer Instruction: Getting Students to Think in Class. 1997. Disponível em: Acesso em 14 dez. 2015.

MENTIMETER. Interactive presentation software. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2017.

MITRE, S. M. et al. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 13. 2008. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232008000900018&script=sci_abstract&tlng=pt >. Acesso em 14 dez. 2015.

PANITZ, T. Collaborative versus Cooperative Learning: A Comparison of the Two Concepts Which Will Help Us Understand the Underlying Nature of Interactive Learning. ERIC Collection. 2009. Disponível em: Acesso em 14 dez. 2015.

PUCPR. Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Disponível em: Acesso em: 23 ago. 2017.

SCALLON, G. Avaliação da aprendizagem numa abordagem por competências. Trad. Juliana Vermelho Martins. Curitiba: PUCPress, 2015. 445 p.

SENA, T. V. Análise semiótica da estesia midiática nas publicidades impressas de perfume de luxo na Vogue Brasil. 2015. Disponível em: . Acesso em: 02 de mai. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.5965/25944630212018057

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Lucia Terezinha Peixe Maziero

Indexadores, diretórios e bases de dados

      

Endereço: Lab. Moda e Sociedade - sala 51 | Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001. 

Email: modaesociedade@gmail.com

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.


Esta revista é um projeto interinstitucional entre os programas de pós graduação em artes, design e consumo da PPGAV/UDESC, ICA/UFC, PPGD/UFPE e PGCDS/UFRPE, com apoio da Diretoria de Ensino da Abepem.