A última cruzada: tempo e historicidade na série da produtora Brasil Paralelo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180315382023e0108

Palavras-chave:

negacionismo, historicidade, historicismo, atualismo, história do Brasil

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar as experiências do tempo e as formas de historicidade implicadas na produção da série “Brasil: A Última Cruzada”, da empresa Brasil Paralelo. Criada em 2016 com o objetivo de oferecer um discurso com pretensões intelectuais às novas direitas brasileiras, a produtora tem na elaboração de uma narrativa negacionista da História do Brasil um dos seus campos de atuação mais destacados. Trata-se aqui de investigar o modo como esse discurso audiovisual manipula as experiências temporais disponíveis na contemporaneidade, articulando um discurso marcado pelo cronotopo historicista, que aponta para uma filosofia da história de matriz cristã e eurocêntrica, e para uma conduta atualista, pautada por uma experiência temporal autocentrada e uma retórica empreendedora que reduz a multiplicidade dos tempos a uma busca pelos empreendedores do passado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Everton de Oliveira Moraes, Universidade Federal do Espírito Santo

Doutor em História pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).
Professor Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Murilo Prado Cleto, Universidade Federal do Paraná

Doutorando em História na Universidade Federal do Paraná

Referências

ABREU, Marcelo; BIANCHI, Guilherme; PEREIRA, Mateus. Popularizações do passado e historicidades democráticas: escrita colaborativa, performance e práticas do espaço. Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 10, p. 279-315, 2018.

ARAUJO, Valdei. A experiência do tempo: conceitos e narrativas na formação nacional brasileira (1813-1845). São Paulo: Aderaldo e Rothschild, 2008.

ARAUJO, Valdei. Observando a observação: sobre a descoberta do clima histórico e a emergência do cronotopo historicista, c.1820. In: CARVALHO, José Murilo de.; CAMPOS, Andrea Pereira. Perspectivas da Cidadania no Brasil Império. Civilização Brasileira: Rio de Janeiro, 2011. p. 281- 303.

AVILA, Arthur de Lima. Qual passado usar? a historiografia diante dos negacionismos (artigo). Café História: história feita com cliques. [S.l.], 29 abr. 2019. Disponível em: https://www.cafehistoria.com.br/negacionismo-historico-historiografia/‎. Acesso em: 8 mar. 2021.

BRASIL PARALELO. Brasil: a última cruzada. Episódio 1: a cruz e a espada. [S.l.], [2017a]. 1 vídeo (51 min). Publicado pelo canal: Malakoi do Hebraico.Disponível em: https://youtu.be/vZB5hFE-E4M. Acesso em: 13. set. 2022.

BRASIL PARALELO. Brasil: a última cruzada. Episódio 2 - a Vila Rica. [S.l.], [2017b]. 1 vídeo (69 min). Publicado pelo canal: Malakoi do Hebraico. Disponível em: //youtu.be/yk6q0Mowq5g. Acesso em: 13 set. 2022.

BRASIL PARALELO. Brasil: a última cruzada. Episódio 3 - a guilhotina da igualdade. [S.l.], [2017c]. 1 vídeo (58 min). Publicado pelo canal: Malakoi do Hebraico. Disponível em: https://youtu.be/2x_F8jrwfvY. Acesso em: 13. set. 2022.

BRASIL PARALELO. Brasil: a última cruzada. Episódio 4 - independência ou morte. [S.l.], [2017d]. 1 vídeo (74 min). Publicado pelo canal: Malakoi do Hebraico. Disponível em: https://youtu.be/Wc3KMMaEINc. Acesso em: 13. set. 2022.

BRASIL PARALELO. Brasil: a última cruzada. Episódio 5 - o último reinado. [S.l.], [2018]. 1 vídeo (78 min). Publicado pelo canal: Malakoi do Hebraico. Disponível em: https://youtu.be/xH3M8hIKMBU. Acesso em: 13. set. 2022.

CLETO, Murilo. A escravidão negra na obra da Brasil Paralelo. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, 31., 2021, Rio de Janeiro. Anais [...]. São Paulo: Anpuh-Brasil, 2021. Tema: história, verdade e tecnologia. p. 01-14. Disponível em: https://www.snh2021.anpuh.org/resources/anais/8/snh2021/1628269653_ARQUIVO_60a5b1cd87b446149f0f058959f457d6.pdf. Acesso em 13 set. 2022.

COSTA, Ana Clara. Quem é Filipe Martins, os olhos e ouvidos de Olavo de Carvalho no Planalto. Época, [Rio de Janeiro], 28 jun. 2019. Disponível em: https://epoca.globo.com/quem-filipe-martins-os-olhos-ouvidos-de-olavo-de-carvalho-no-planalto-23556449. Acesso em: 04 ago. 2020.

COSTA, Ana Clara. Distanciamento social: a produtora Brasil Paralelo tenta se afastar do bolsonarismo para vender mais assinaturas. Revista Piauí, [S.l.], set. 2021. Disponível em: https://piaui.folha.uol.com.br/materia/distanciamento-social/. Acesso em: 24 set. 2021.

DUNKER, Christian. Reinvenção da intimidade: políticas do sofrimento cotidiano. São Paulo: Ubu, 2020.

ESTEVES, Bernardo. O algoritmo da ágora. Revista Piauí, Rio de Janeiro: Editora Abril, n. 160, p. 32-41, jan. 2020.

FRONTEIRAS NO TEMPO: historicidade #32. A história em Olavo de Carvalho. Locução Marcelo de Souza Silva, Marcus Vinícius Oliveira. Portal Deviante, [S.l.], 11 ago. 2020. Podcast. Disponível em: http://www.deviante.com.br/?p=40892&preview=true&aiEnableCheckShortcode=true. Acesso em: 21 jan. 2021.

GRUNER, Clóvis; CLETO, Murilo. “Sete denúncias”: guerra cultural e retórica antissistema no documentário da Brasil Paralelo sobre a pandemia. In: OLIVEIRA, Rodrigo Cássio; CHRISTINO, Daniel; MACHADO JR., Eliseu Vieira (orgs.). Covid-19 e a comunicação. Goiânia: Cegraf UFG, 2021. p. 357-382.

GUMBRECHT, Hans Ulrich. Depois de “depois de aprender com a história”, o que fazer com o passado agora. In: NICOLAZZI, Fernando. Aprender com a história?: o passado e o futuro de uma questão. Rio de Janeiro : Editora FGV, 2011. p. 25-42.

KRAUSE, Thiago; PACHÁ, Paulo. “Nostalgia do Império é fantasia reacionária do bolsonarismo”, dizem historiadores. Folha de S. Paulo, São Paulo, 18 jul. 2020. Disponível em: https://folha.com/u2vhfawi. Acesso em: 25 jul. 2020.

MARQUEZ, Israel; ARDEVOL, Elisenda. Hegemonía y contrahegemonía en el fenómeno youtuber. Desacatos, México , n. 56, p. 34-49, abr. 2018.

MARTINS, Estevão Rezende. Historicismo: o útil e o desagradável. In: ARAUJO, Valdei. et. al. A dinâmica do historicismo: revisitando a historiografia moderna. Belo Horizonte: Fino Traço, 2011. p. 15-48.

MAZUI, Guilherme. Bolsonaro chama Paulo Freire de “energúmeno” e diz que TV Escola “deseduca”. G1, [s.l.], 16 dez. 2020. Disponível em: https://g1.globo.com/politica/noticia/2019/12/16/bolsonaro-chama-paulo-freire-de-energumeno-e-diz-que-tv-escola-deseduca.ghtml. Acesso em: 06 ago. 2020.

MONNERAT, Alessandra; SARTORI, Caio. 2019. Vendas de livros de Olavo de Carvalho triplicam desde eleição. Estadão, [São Paulo], 19 jan. 2020. Disponível em: https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,vendas-de-livros-de-olavo-de-carvalho-triplicam-desde-eleicao,70002686383. Acesso em: 06 ago. 2020.

MORAES, Everton de Oliveira. “Plano Pirata” do poema possesso: tempo e humor na poesia brasileira dos anos 1970. Revista Brasileira de História, São Paulo, v. 39, n. 82, p. 265-286, 2019.

NAPOLITANO, Marcos. Desafios para a história nas encruzilhadas da memória: entre traumas e tabus. História: Questões & Debates, Curitiba, v. 68, n. 01, p. 18-56, jan./jun. 2020.

NERDCAST 500: o melhor de 500 Nerdcasts! [S.l.], 22 jan. 2016. Podcast. Disponível em: https://jovemnerd.com.br/nerdcast/nerdcast-500-o-melhor-de-500-nerdcasts/. Acesso em: 6 jan. 2021.

NICOLAZZI, Fernando. O século XIX redivivo: usos do passado e disputas no presente nas histórias da Brasil Paralelo. [Rio de Janeiro: UFRRJ], 12 jun. 2020. 1 vídeo (117 min). Publicado pelo canal Histor UFRRJ. Disponível em: https://youtu.be/Ny-V3pR5DhQ. Acesso em: 04 ago. 2020.

NICOLAZZI, Fernando. A Brasil Paralelo produz história? [S.l.:s.n.], 23 mar. 2019. 1 vídeo (22 min). Publicado pelo canal Historiar-se. Disponível em: https://youtu.be/R71LxS5FhD8. Acesso em: 06 ago. 2020.

OLIVEIRA, Marcus Vinícius Furtado da Silva. Gramsci no jardim das aflições. In: EPHIS, 8., 2019, Belo Horizonte-MG. Anais [...]. Belo Horizonte: UFMG, 2019. p. 108-118.

OLIVEIRA, Rodrigo Perez. A mobilização das tópicas do pensamento social brasileiro na historiografia comercial consumida no Brasil em tempos de crise democrática (2013-2020). Tempo e argumento, Florianópolis, v. 13 n. 33, p. e0204, maio/ago. 2021.

PEREIRA, Mateus. Nova direita? guerras de memória em tempos de Comissão da Verdade (2012-2014). Varia História, Belo Horizonte , v. 31, n. 57, p. 863-902, dez. 2015.

PEREIRA, Mateus; ARAUJO, Valdei. Atualismo 1.0: como a ideia de atualização mudou o século XXI. Vitória: Editora Milfontes; Mariana: Editora da SBTHH, 2019.

PEREIRA, Mateus; ARAUJO, Valdei. Atualismo: pandemia e historicidades no interminável 2020. Estudos Ibero-Americanos, Porto Alegre, v. 47, n. 1, p. 1-16, jan./abr. 2021.

RAMOS, Jair de Souza. Machines among the crowd: on the political effects of algorithmic production of social currents. Vibrant: Virtual Brazilian Anthropology, Brasília, v.16, p. e16210, 2019.

RANGEL, Marcelo de Mello; RODRIGUES, Thamara de Oliveira. História e modernidade em Hans Ulrich Gumbrecht. Revista Redescrições – Revista on line do GT de Pragmatismo, Rio de Janeiro, v. 4, n. 1, p. 63-71. 2012.

ROCHA, Camila. “Menos Marx, mais Mises”: uma gênese da nova direita brasileira (2006-2018). 232 f. 2018. Tese (Doutorado em Ciência Política) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018.

ROMANO, Giovanna. Eduardo Bolsonaro estuda história em canal acusado de “fake news”. Veja, [s.1], 27 ago. 2019. Disponível em: https://veja.abril.com.br/politica/eduardo-bolsonaro-estuda-historia-em-canal-acusado-de-fake-news/. Acesso em: 13 set. 2022.

VALERIM, Filipe. Brasil paralelo: em entrevista exclusiva, conheça a origem dos documentários que fazem sucesso na internet [Entrevista concedida a] Boletim da Liberdade, [s.l.], 18 jul. 2018. Disponível em: https://www.boletimdaliberdade.com.br/2018/07/19/brasil-paralelo-em-entrevista-exclusiva-conheca-a-origem-dos-documentarios-que-fazem-sucesso-na-internet/. Acesso em: 19 ago. 2019.

VIEIRA, André. Olavo de Carvalho história do Brasil [Entrevista com Olavo de Carvalho]. [S.l.: s.n.], 4 mar. 2018. 1 vídeo (56 min). Disponível em https://youtu.be/UC5CYM_6WgA. Acesso em: 6 mar. 21.

ZANINI, Fábio. Império contra-ataca e ganha espaço na Cultura do governo Bolsonaro. Folha de S. Paulo, São Paulo, 12 jun. 2020. Disponível em: https://folha.com/vtl1gsdm. Acesso em: 05 ago. 2020.

Publicado

2023-04-10

Como Citar

MORAES, Everton de Oliveira; CLETO, Murilo Prado. A última cruzada: tempo e historicidade na série da produtora Brasil Paralelo. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 15, n. 38, p. e0108, 2023. DOI: 10.5965/2175180315382023e0108. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180315382023e0108. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos