A identidade ‘sitiada’: a Comissão Nacional da Verdade na revista do Clube Militar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180314362022e0104

Resumo

Com a criação da Comissão Nacional da Verdade, em 2011, o Brasil avançou na busca pela superação do legado da Ditadura Civil-Militar. Entretanto, os traumas vividos no período ainda são fontes de tensão, particularmente no que tange à memória e à identidade dos protagonistas desse conturbado período da História nacional. Nossa proposta é, partindo de referencial teórico acerca de memória, identidade e poder, analisar a reação dos militares – pautados pela perspectiva memorialista presente nos textos publicados pela Revista do Clube Militar – em defesa da identidade castrense, supostamente ameaçada pelo trabalho da referida Comissão.

Palavras-chave: Comissão Nacional da Verdade; memória; identidade; poder; Clube Militar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sonale Diane Pastro de Oliveira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)

Graduada em História pela Universidade de São Paulo (USP). Mestra e Doutora em Ciências Humanas e Sociais pela Universidade Federal do ABC  (UFABC)

Áreas: História do Brasil República; Cultura, Comunicação e Dinâmica Social

Referências

DE MARÇO: a História que não se apaga nem se reescreve. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 452, p. 10, fev/abr. 2014.

AUGUSTO, Agnaldo Del Nero. A contrarrevolução de 1964 e a mitologia. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 452, p. 90-91, fev./abr. 2014.

BANDEIRA, Clóvis Purper. Novos camaradas: dando nome aos bois. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXV, n. 444, p. 4-5, fev./abr. 2012.

BANDEIRA, Clóvis Purper. Mensagem aos novos camadas: momentos decisivos. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 452, p. 3-5, fev./abr. 2014.

BANDEIRA, Clóvis Purper. Entrevista com o general Gilberto Rodrigues Pimentel, presidente do Clube Militar. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 453, p. 6-7, maio/jul. 2014.

BANDEIRA, Clóvis Purper. A Comissão Nacional da Meia Verdade e a Lei da Anistia. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 454, p. 4, ago./out. 2014.

BRAGA, Pedro Luiz de Araujo. À guisa de introdução. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 452, p. 6-9, fev./abr. 2014.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. Tradução de Fernando Tomaz. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989.

BRASIL. Presidência da República. Lei 12.528/2011. Cria Comissão Nacional da Verdade no âmbito da Casa Civil. D.O.U. Brasília, DF: Casa Civil, 18 nov. 2021.

BRASIL. Presidência da República. Secretaria de Direitos Humanos. Programa nacional de direitos humanos (PNDH-3): revista e atualizada. Brasília: SDH/PR, 2010. Disponível em http://www.sedh.gov.br/pndh/pndh3.pdf. Acesso: 08 maio 2015.

BRITO, Alexandra B. Justiça transicional e a política da memória: uma visão global. Revista Anistia Política e Justiça de Transição, Brasília: Ministério da Justiça, n. 1, p. 56-83, jan./jun. 2009.

CANDAU, Joël. Memória e identidade. São Paulo: Contexto, 2011.

CARDOSO, Ciro F. Um historiador fala de teoria e metodologia: ensaios. Bauru: Edusc, 2005.

CARDOSO, Irene. Narrativa e história. Revista Tempo Social, São Paulo, v. 12, n. 2, p. 3-13. 2000.

CASTELLS, Manuel. Comunicación y power. Tradución de María Hernández. Madrid: Alianza Editorial, 2009.

CORREIA NETO, Jonas. A verdade. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 448, p. 17, fev./abr. 2013.

COSTA, Renato César Tibau da. Solenidade de posse. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXV, n. 445, p. 3, maio/jul. 2012.

COSTA, Renato César Tibau da. Palavra do presidente. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 449, p. 3, maio/jul. 2013.

COSTA, Renato César Tibau da. Palavra do presidente. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 450, p. 3, ago./out. 2013.

COSTA, Renato César Tibau da. Palavra do presidente do Clube Militar. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 452, p. 2, fev./abr. 2014.

CUCHE, Denys. A noção de cultura nas ciências sociais. 2. ed. São Paulo: Edusc, 2002.

FERREIRA, José Gobbo. Novos camaradas: ao cadete do meu exército. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 447, p. 4-5, nov./jan. 2013.

GIDDENS, Anthony. O mundo em descontrole: o que a globalização está fazendo de nós. Rio de Janeiro: Record, 2000.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. Tradução de Beatriz Sidou. São Paulo: Centauro, 2006.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 11. ed. Trad. Tomaz T. da Silva, Guaracira L. Louro. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

HOBSBAWM, Eric. Introdução. In: Hobsbawm, Eric; Ranger, Terence (org.). A invenção das tradições. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1984. p. 9-23.

JODELET, Denise. Representações sociais: um domínio em expansão. Tradução de Tarso Bonilha Mazzotti, Revisão Técnica de Alda J. Alves-Mazzotti. Rio de Janeiro: UFRJ, Faculdade de Educação, 1993. p. 1-21. Disponível em: http://portal.estacio.br/media/3432753/jodelet-drs-um-dominio-em-expansao.pdf. Acesso em: 11 maio 2015.

LE GOFF, Jacques. História e memória. 5. ed. Tradução de Bernardo Leitão et al. Campinas: Unicamp, 2003.

MANIFESTO à nação brasileira (26 de setembro de 2014). Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 454, p. 3, 40, ago./out. 2014.

MONTERO, Paula. Globalização, identidade e diferença. Novos Estudos Cebrap, [São Paulo], n. 49, p. 47-64, nov.1997.

¬¬¬¬PARA a sua estante. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 452, p. 136-137, fev./abr. 2014.

PEREIRA, Rômulo B. O princípio do contraditório. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 455, p. 6-7, nov./jan. 2015.

POLLAK, Michael. Memória, esquecimento, silêncio. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p, 3-15, 1989.

POLLAK, Michael. Memória e identidade social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 5, n. 10, p. 200-215, 1992.

PIMENTEL, Gilberto R. Palavra do presidente. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 453, p. 3-4, maio/jul. 2014.

PIMENTEL, Gilberto R. Palavra do presidente: uma mácula a ser limpa! Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 455, p. 2, nov./jan. 2015.

EDITORIAL. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXV, n. 445, p. 2, maio/jul. 2012.

SOLENIDADE de posse. Revista do Clube Militar, Rio de janeiro, ano LXXXV, n. 445, p. 3, maio/jul. 2012.

EDITORIAL. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 447, p. 2, nov./jan. 2013.

A VISÃO cultural e política do Clube Militar. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 448, p. 2, fev./abr. 2013.

REVISTA DO CLUBE MILITAR, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 452, p. 2-143, fev./abr. 2014.

EDIÇÃO especial sobre o movimento de 31 de Março de 1964. Revista do Clube militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 453, p. 8, maio/jul. 2014.

RELATÓRIO Requentado. Revista do Clube Militar, Rio de Janeiro, ano LXXXVI, n. 455, p. 3, nov./jan. 2015.

RICOEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Tradução de Alain François et al. Campinas: Ed. da Unicamp, 2007.

SILVA, Tomaz Tadeu. A produção social da identidade e da diferença. In: SILVA, Tomaz Tadeu (org.). Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000. p. 73-102.

TODOROV, Tzvetan. Los abusos de la memória. Tradução de Miguel Salazar. Barcelona: Paidós, 2000.

ZYL, Paul Van. Promovendo a justiça transicional em sociedades pós-conflito. Revista Anistia Política e Justiça de Transição, Brasília: Ministério da Justiça, n. 1, p. 32-55, jan./ jun. 2009.

Downloads

Publicado

2022-09-16

Como Citar

OLIVEIRA, S. D. P. de. A identidade ‘sitiada’: a Comissão Nacional da Verdade na revista do Clube Militar. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 14, n. 36, p. e0104, 2022. DOI: 10.5965/2175180314362022e0104. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180314362022e0104. Acesso em: 1 dez. 2022.