Cinematógrafos de guerra: cinema e propaganda estadunidense no Brasil durante a II Guerra Mundial

Autores

  • Ana Marília Carneiro Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175180310262019635

Resumo

Resenha: 

VALIM, Alexandre Busko. O Triunfo da persuasão: Brasil, Estados Unidos e a Política da Boa-Vizinhança durante a II Guerra Mundial. São Paulo: Ed. Alameda, 2017

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Marília Carneiro, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutoranda em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Referências

DEBORD, Guy. A Sociedade do Espetáculo. São Paulo: Contraponto, 1997.

HALL, Stuart. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2003.

MENESES, Ulpiano T. Bezerra de. Fontes visuais, cultura visual, história visual. Balanço provisório, propostas cautelares. In: Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 23, n. 45, 2003.

VALIM, Alexandre Busko. O Triunfo da persuasão: Brasil, Estados Unidos e a Política da Boa-Vizinhança durante a II Guerra Mundial. São Paulo: Ed. Alameda, 2017.

Downloads

Publicado

2019-04-15

Como Citar

CARNEIRO, A. M. Cinematógrafos de guerra: cinema e propaganda estadunidense no Brasil durante a II Guerra Mundial. Revista Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 11, n. 26, p. 635 - 640, 2019. DOI: 10.5965/2175180310262019635. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180310262019635. Acesso em: 1 dez. 2022.