CARTA AOS LEITORES

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/21752346102202018037

Palavras-chave:

arte contemporânea, Composição Urbana (C.U.), interações em performances de rua, Fuleragem, grupo de pesquisa Corpos Informáticos

Resumo

Este artigo, em formato de carta, é direcionado aos performáticos, artistas de rua, arte educadores e demais interessados em Composição Urbana (C.U.): performances de rua. Partimos da escrita de cartas para chegar à discussão do que se passa nas ruas durante as performances apresentadas pelo Grupo de Pesquisa Corpos Informáticos e pelo artista ZMário, fazendo algumas considerações acerca das relações entre a arte e a vida nessas produções. São caminhadas e danças que desviam, desafiam, desfilam ruas e encruzilhadas; trabalhos individuais e em grupo que inscrevem e escrevem o corpo na cidade. Os autores utilizados são Careri, Derrida, Medeiros e Nietzsche.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Beatriz de Medeiros, University of Brasília

Doutora em Arte e Ciências da Arte, Pós-Doutora em Filosofia e Arte e Tecnologia. Universidade de Brasília UnB, Brasília, DF, Brasil.

 

José Mário Peixoto Santos, University of Brasília

Artista visual, performer e pesquisador da arte da performance. Mestre em Artes Visuais (Teoria e História da Arte) pelo PPGAV da Escola de Belas Artes - UFBA. Doutorando em Poéticas Contemporâneas pelo PPG-Arte IDA VIS da Universidade de Brasília-UnB, onde pesquisa performances de rua sob a orientação da Profa. Dra. Maria Beatriz de Medeiros.

Referências

CARDINALES. Perfopuerto. Disponível em:. Acesso em: 18 jul. 2017.

CARERI, Francesco. Walkscapes: o caminhar como prática estética. São Paulo: G. Gili, 2013.

CORPOS INFORMÁTICOS. Blog. Disponível em: www.corpos.blogspot.com.br. Acesso em: 18 jul. 2017.

DELEUZE / SPINOZA. Curso de Vincennes. 13/01/1981. Disponível em: webdeleuze.com/php/texte.php?cle=31&groupe=Spinoza&langue=1.

KANTOR, Tadeusz. O teatro da Morte. São Paulo: Perspectiva/ edições SESC-SP, 2008.

LABBUCCI, Adriano. Caminhar, uma revolução. São Paulo: Martins Fontes, 2013.MEDEIROS, M.B.; ALBUQUERQUE, Natasha de. Composição urbana: surpreensão e fuleragem. Publicado no catálogo Palco Giratório: circuito nacional. Rio de Janeiro: SESC, Departamento Nacional, 2013. Disponível em: http://grafiasdebiamedeiros.blogspot.com.br/2014/05/composicao-urbana-surpreensao-e.html. Acesso em: mai 2016.

MEDEIROS, M.B. CORPOS INFORMÁTICOS: BIRUTAS (E) VENTO, In 24º Encontro Nacional da ANPAP, 24, 2015, Santa Maria (RS). Anais, ANPAP, UFSM, 2015, p. 1461-1475. Disponível em: anpap.org.br/anais/2015/comites/cpa/maria_beatriz_de_medeiros.pdf. Acesso em: abr. 2016.

NIETZSCHE, Friedrich. A Origem da Tragédia. Tradução: Erwin Theodor. 2006. Versão para e-Book. Disponível em: www.ebooksbrasil.org/eLibris/tragedia.html. Acesso em: 20 mar. 2016.

______. La Naissance de la tragédie. (Leipzig, E. W. Fritzsch, 1872). Paris: Éd. Gallimard, 1989, p.45.

ONFRAY, Michel. Teoria da viagem: poética da geografia. Porto Alegre, RS: L&PM, 2009.

SPINOZA, Baruch de. Ética demonstrada à maneira dos geômetras. São Paulo: Ed. Nova Cultural, 2004.

ZMÁRIO. Blog. Disponível em: www.zmarioperformer.blogspot.com.br. Acesso em: 18 jul. 2017.

Downloads

Publicado

2018-10-25

Como Citar

MEDEIROS, Maria Beatriz de; SANTOS, José Mário Peixoto. CARTA AOS LEITORES. Palíndromo, Florianópolis, v. 10, n. 22, p. 37–48, 2018. DOI: 10.5965/21752346102202018037. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/13425. Acesso em: 23 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos Seção temática