O repertório na construção identitária das bandas de música

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2525530406012021e0016

Palavras-chave:

banda de música, repertório, construção identitária

Resumo

A pluralidade de costumes e valores presentes nas bandas de música é uma característica discutida em ampla bibliografia sobre o tema. A construção identitária destes grupos musicais vem ocorrendo a partir de suas interações com diferentes segmentos da sociedade sempre perpassadas pelo seu repertório. Apresentamos neste texto uma discussão sobre estas intera-ções das bandas, cujo pano de fundo é tecido pelo repertório. O objetivo principal é discutir o papel do repertório na construção identitária do movimento de bandas no Brasil. Partimos dos episódios do trabalho de campo de pes-quisa de mestrado finalizada em 2019. Situações similares de diferentes regiões e momentos históricos são colocadas em diálogo com os episódios observados. A perspectiva teórica adotada tem por base a concepção de música como linguagem a partir da filosofia do Círculo de Bakhtin. A partir disto observamos que o repertório das bandas se constrói na mesma dinâmica do desenvolvimento dos grupos e cumpre diferentes papéis numa extensa trama histórica de significações musicais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, Joel Luis. An Adaptation of American Band Instruction Methods to Brazilian Music Educa-tion, Using Brazilian Melodies. 1994. 267 p. Tese (Doutorado em Música) - University of Washing-ton, Washington, 1994.

BARBOSA, Joel Luis. “Considerando a Viabilidade de Inserir Música Instrumental no Ensino de Pri-meiro Grau”. Revista da ABEM, v. 3, n. 3, p. 39–50, 1996. Disponível em: http://www.abemeduca-caomusical.com.br/revista_abem/ed3/revista3_artigo3.pdf.

BARBOSA, Joel Luis. “Tradição e inovação em bandas de música”. In: (Mary Ângela Biason, Org.) Anais do I Seminário de Música do Museu da Inconfidência - Bandas De Música do Brasil 2009, Ouro Preto/MG. Anais [...]. Ouro Preto/MG: Museu da Inconfidência, 2009. p. 65–74.

BINDER, Fernando. Bandas militares no Brasil: difusão e organização entre 1808-1889. 2006. 135 p. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Estadual Paulista, São Paulo, 2006.

CRUZ, Fernando Vieira Da. A (Re)Construção Da Banda De Música: Repertório e Ensino. 2019. Uni-camp - Universidade Estadual de Campinas, BR, 2019. Disponível em: http://repositorio.uni-camp.br/handle/REPOSIP/333950.

CRUZ, Fernando Vieira Da. “Banda de música e identidade cultural”. In: (Javier Albornoz, Org.) Estu-dos Latino-Americanos Sobre Música. Editora Ar ed. [s.l: s.n.]. v. 1p. 159–170. DOI: 10.37572/EdArt_149100920. Disponível em: https://www.editoraartemis.com.br/artigo/31815/.

CRUZ, Fernando Vieira Da; CARDOSO, Rafael. “Transformações no repertório da banda de música brasileira”. Anais do Performus’19 Associação Brasileira de Performance Musical. Universidade Fe-deral de Goiás. Goiânia/GO, Anais [...]. Disponível em: https://abrapem820566276.files.word-press.com/2020/03/performus19-pp74-77.pdf.

CRUZ, Fernando Vieira Da; CRUZ, Dayana Aparecida Marques de Oliveira. “Reflexões da prática pe-dagógica voltada à criação musical”. Reflexão e Ação, v. 26, n. 2, p. 267–282, 2018. DOI: 10.17058/rea.v26i2.4852. Disponível em: https://online.unisc.br/seer/index.php/reflex/arti-cle/view/4852/pdf.

DUPRAT, Régis. “Música na matriz de São Paulo Colonial”. Revista de história, v. 37, n. 75, p. 85–103, 1968. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.1968.128465. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/revhistoria/article/view/128465.

LANGE, Francisco Curt. “Las bandas de música en el Brasil”. Revista musical chilena, v. 51, n. 187, p. 27–36, 1998. DOI: 10.4067/s0716-27901997018700003. Disponível em: https://revistamusicalchi-lena.uchile.cl/index.php/RMCH/article/view/13049.

LIMA, Marcos Aurelio De. A banda e seus desafios: levantamento e análise das táticas que a man-tem em cena. 2000. 233 p. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Estadual de Campi-nas, Campinas, 2000.

MOREIRA, Marcos dos Santos. Aspectos históricos, sociais e pedagógicos nas filarmônicas do divino e nossa senhora da conceição, do estado de Sergipe. 2007. 136 p. Dissertação (Mestrado em Mú-sica) - Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2007. Disponível em: https://reposito-rio.ufba.br/ri/handle/ri/9134. Acesso em: 7 de set. 2021.

PÁTEO, Maria Luisa de Freitas Duarte. Bandas de Música e Cotidiano Urbano. 1997. 135 p. Disserta-ção (Mestrado em Antropologia). Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1997.

PEREIRA, JOSÉ ANTONIO. A banda de música: retratos sonoros brasileiros. 1999. 96 p. Dissertação (Mestrado em Música) - Universidade Estadual Paulista, São Paulo, 1999.

REILY, Suzel Ana. Bandas de sopro - um diálogo transcultural. In: Anais do I Seminário de Música do Museu da Inconfidência: Bandas de Música no Brasil. 2009, Ouro Preto/MG. Anais [...]. Ouro Preto/MG: Museu da Inconfidência, 2009. p. 23–32.

SALLES, Vicente. Sociedades de Euterpe As bandas de música no Grão-Pará. Edição do ed. Brasí-lia/DF: Gene Gráfica Editora, 1985.

SCHROEDER, Sílvia Cordeiro Nassif. Reflexões sobre o conceito de musicalidade: em busca de novas perspectivas teóricas para a educação musical. 2005. Tese (Doutorado em Educação) - Universi-dade Estadual de Campinas, 2005.

SCHWARCZ, Liliam Moritz. As Barbas do imperador, D. Pedro II: um Monarca dos Trópicos. 2. ed. São Paulo/SP: EDITORA SCHWARCZ, 1999.

VIEIRA, Joelson Pontes. Bandas De Música Militares: Performance e cultura na cidade de Goiás (1822-1937). 2013, 2013.

VOLÓCHINOV, Valentin; BAKHTIN, Mikhail. Marxismo e filosofia da linguagem: Problemas funda-mentais do método sociológico na ciência da linguagem. 1ª. ed. São Paulo/SP: EDITORA 34, 2017.

Downloads

Publicado

2021-09-11

Como Citar

CRUZ, F. V. da. O repertório na construção identitária das bandas de música. Orfeu, Florianópolis, v. 6, n. 1, 2021. DOI: 10.5965/2525530406012021e0016. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/19522. Acesso em: 8 fev. 2023.